A celebração do Jubileu de 50 anos do falecimento do Pai e Fundador, Pe. José Kentenich, em 15 de setembro, é um convite para se vivenciar um Novo Pentecostes.

A Carta da Coordenação Internacional aos responsáveis pelo Movimento Apostólico de Schoenstatt, em todo o mundo, anuncia o presente com que a Família de Schoenstatt alemã deixará marcado a data jubilar e o Ano Pe. Kentenich, além de motivar para que a celebração em todos os países seja vivido em unidade e como “hora de história um novo Pentecostes, que nos ajudará a nos tornar um ‘Schoenstatt em saída’.”

Eles escrevem:

Apenas algumas semanas nos separam do ponto alto do Ano Pe. Kentenich, o jubileu de 50 anos do regresso de nosso Pai e Fundador ao Lar Eterno. A Família de Schoenstatt, a nível internacional, caminha com alegria ao encontro deste acontecimento. Depois da vivência agraciada do 18 de outubro de 2014, que como geração atual nos levou ao início de nossa história de fundação, esperamos nesta hora de história um novo Pentecostes, que nos ajudará a nos tornar um “Schoenstatt em saída”.
Em seguida da morte de nosso Pai, na Semana de outubro de 1968, P. Menningen assinalou momento com as palavras: “A sua volta ao lar Eterno não é um fim, mas um início no Espírito Santo” (Pe. Menningen, 17 de outubro de 1968).

Um novo início no Espírito Santo, um Schoenstatt em espírito de Pentecostes, é o que pedimos como graça especialal neste 15 de setembro. Nossa celebração internacional, que realizamos aqui em Schoenstatt e em todo o mundo, está perpassada por este espírito. Com mais ou menos 2.000 pessoas, vindas de várias partes do mundo, nos reuniremos no lugar de falecimento de nosso Pai e Fundador. Por meio da transmissão “Live-stream”, pela Internet, podemos nos unir à celebração junto ao túmulo do Fundador.
Nosso Pai nos indicou muitas vezes que, mais ou menos 50 anos depois da morte de um Fundador, se decide o futuro de um Movimento. Nesta época, se darão importantes processos para o caminho futuro. Nesta consciência, queremos, no momento principal de nossa celebração, nos colocar à disposição de nosso Pai e pedir a ele que tome novamente a Obra em suas mãos. Na celebração, terá grande importância, os elementos chaves da Mensagem da Presidência Internacional, que foi publicada no dia 8 de julho de 2018.

Símbolo
Em reflexões do Movimento alemão, surgiu a ideia de um símbolo que marcará este momento histórico para as futuras gerações de nosso Movimento internacional: a pequena janela na Capela do Pai receberá uma configuração artística, que representa a irrupção do Espírito Santo.

Clique aqui para ver

Transmissão

A celebração será transmitida pela Internet, no canal da Schoenstatt-TV das 16h às 17h30min (no Brasil: das 11h às 12h30min) e será traduzida em alguns idiomas. Simultaneamente, serão traduzidos em Espanhol, inglês e português. Na página da Internet, estarão os textos para baixar em Alemão, inglês, espanhol, francês, polonês, úngaro, tscheco e croata.

Juntos, caminhemos com grande alegria e expectativa, ao encontro desse momento histórico.

Com saudações cordiais de Schoenstatt e Roma,

Padre Walter Henrich e Ir. M. Cacilda Becker

 

Fonte: schoenstatt.org.br