Missionários e famílias da Campanha da Mãe Peregrina das cidades de Presidente Venceslau e Presidente Prudente coroam a imagem da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt no final de semana, 26 e 27 de maio, no encerramento do mês mariano.

Em muitos lugares a coroação de Nossa Senhora é uma tradição, um gesto de amor e gratidão à Maria por sua presença materna e intercessora. Para as famílias da Campanha da Mãe Peregrina este gesto é unido a uma preparação pela qual é feita a conquista material e espiritual da coroa.

Em Presidente Venceslau a coroação aconteceu no encerramento do encontro dos missionários e famílias, na paróquia Santo Antônio de Lisboa. Um momento especial preparado pelas crianças que se vestiram de anjinhos e ao som do canto “Te coroamos” entregaram à Mãe Peregrina Diocesana uma coroa de flores. Este gesto marca o início da conquista e preparação para a coroação desta imagem que acontecerá no mês de setembro.

Na Igreja São Miguel Arcanjo, em Presidente Prudente, os missionários e famílias se empenharam na preparação e conquista da coroa da imagem da Mãe Peregrina. Durante a missa as imagens receberam um trono especial, fruto das sugestões e inspirações artísticas do grupo da Campanha da Mãe Peregrina. As missionárias que tinham as imagens coroadas ofertaram uma rosa em homenagem à Mãe e Rainha.

“O que significa coroar a Mãe de Deus? Com isso não queremos dizer que Ela é Rainha do mundo porque nós a coroamos; nós a coroamos porque ela é Rainha. Portanto, estamos ante um dever de coroação. À medida que as seguramos esta ordem objetiva, seremos abençoados”, ensina o Pe. José Kentenich no ano de 1950.

Conscientes que Maria é Rainha do céu e da terra e confiantes em seu cuidado maternal os missionários e famílias proclamam a Mãe de Deus como Rainha da Família, Rainha da Igreja e Rainha do Brasil.

Coroação da Mãe Peregrina em Presidente Venceslau e Presidente Prudente

Fotos: Arquivo Paróquia Santo Antônio de Lisboa e Ir. M. Márcia