(Foto:Carlos Henrique Pazin)

Envio de missionários no Santuário da Vila Mariana, em São Paulo/SP

A Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt é uma missão de apostolado, assim, seguindo os passos do Servo de Deus João Luiz Pozzobon, cerca de 23 missionários foram enviados, em 25 de junho, à sombra do Santuário Tabor da Confiança Vitoriosa no Pai na Vila Mariana, São Paulo/SP.

Exemplo de João Pozzobon

Foto: Carlos Henrique Pazin

Para este momento especial, os missionários participam de um momento de formação. A Tânia Regina Vigatto Meier, foi coordenadora da Campanha e pertence a Liga de Famílias de Schoenstatt, realizando formações no Santuário para missionários, Santuário-Lar e Aliança de Amor.

“Conduzir novos missionários é uma sensação de continuidade, é saber que não vamos parar e seguir sempre em frente, sinto entusiasmo, alegria e o despertar de cada um ao se aprofundar no conhecimento do Movimento Apostólico de Schoenstatt, me sinto agraciada de poder e evangelizar através de Schoenstatt. Eu acredito que podemos ter um mundo melhor, acredito na renovação de cada missionário se tornando homens e mulheres novos renovados, prontos a ajudar.”

Tânia comenta sobre a importância de João Pozzobon. “Me sinto fortalecida por ter como exemplo o Sr. João Pozzobon, com toda a sua simplicidade e dedicação, evangelizou e cuidou de muitas famílias. Por isso, espero levar com amor os seus ensinamentos.”

Seguindo os passos na missão

Pâmela Regina Bueno Martins, missionária da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, São Bernardo do Campo/SP, Diocese de Santo André/SP, conta sobre a participação neste momento especial. “Fiquei muito feliz pelo meu ‘sim’, apesar do medo. Percebi que realmente o nosso sim de Missionária e para tantos outros desafios e missões, se assemelha ao Sim de Maria. Precisamos nos colocar à serviço, entregar tudo em seu capital de graças e confiar.”

A missionária comenta sobre como conheceu a Mãe Peregrina. “Foi um verdadeiro chamado. Há cerca de 20 anos conheci o Santuário da Mãe e Rainha, em Atibaia/SP. Também há uma linda imagem na entrada, na cidade natal de meu pai, Cristais/MG. Sempre tive contato com a Campanha por meio da visita da Mãe e Rainha à casa dos meus pais.”

Ela também ressalta como seguir os passos de Pozzobon em sua missão. “Na época os seus desafios eram muito maiores do que os nossos, em relação à peregrinação, e mesmo assim conseguiu com êxito cumprir sua missão, inclusive iniciar a Campanha que está ativa até hoje. Sou prova disso com o envio de missionária e uma lista nova, ou seja, são mais famílias chegando pelo chamado da Mãe e Rainha por meio de nós como instrumentos de evangelização. Realmente ele é um verdadeiro missionário. É incrível sua confiança e dedicação, como ele via com bons olhos todos os desafios, o respeito à Mãe de Deus, como iniciou a peregrinação e como viveu uma vida simples e de profundo amor a Maria e dedicação à família.”

Missionários a caminho

No Santuário, o envio dos missionários aconteceu após preparação com a realização das oficinas, sendo finalizado com a Santa Missa e a oração de envio diante da imagem da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.