O Folheto da Aliança do mês de novembro traz o testemunho de fé da Magna Rodrigues Alves Marques, de Tupaciguara/MG. Ela venceu a Covid-19 e agradece à Mãe Três Vezes Admirável pela intercessão neste momento difícil de sua vida. Confira:

Minha história com a Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt é muito forte e precisa ser compartilhada. Desde a primeira vez que a Mãe Peregrina chegou à minha casa tenho recebido muitas bênçãos. Hoje vou dar meu testemunho da última graça que recebi.

Durante a pandemia, nosso filho Rafael foi o primeiro a pegar Covid-19, foi um caso leve e ele se recuperou em poucos dias. Alguns dias depois, também manifestei os sintomas e fui internada com muita falta de ar. Precisava de uma vaga na UTI e como não havia em nossa cidade, estava muito difícil conseguir uma vaga em outra cidade, mas depois de muita oração, pedindo a intercessão da Mãe e Rainha conseguimos a vaga e fui entubada. Os médicos disseram para minha família que meu caso era grave e era preciso rezar.

Nesse período, meu esposo também pegou Covid-19 de forma leve. Minha família, o casal missionário e todos os que participam do Grupo Confiança da Mãe Peregrina estavam rezando para que a Mãe e Rainha cuidasse de mim. Devido à pandemia, eles rezavam pelo WhatsApp, todos os dias, pedindo a minha cura milagrosa e imediata.

Fiquei 10 dias entubada e quando saí da UTI eu não falava e não andava. Com dois dias comecei a falar e depois de uma semana voltei a andar. Eu não me lembro de nada do que passei, lembro-me apenas da figura de uma enfermeira que cuidava de mim com muito carinho, me virava com tanta leveza, não tenho nem palavras para explicar aquele grande amor que ela tinha por mim. Sentia muito forte a presença da Mãe e Rainha ali ao meu lado. Muito obrigada, Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, por cuidar de mim, com tanto amor e carinho, e da minha família. Magna Rodrigues Alves Marques e Lázaro Eurípedes Marques, de Tupaciguara/MG.

 

→Clique aqui para acessar o Folheto da Aliança

Você também pode enviar o seu testemunho para o Folheto da Aliança. Clique aqui e conte a sua história.