“Meu coração deve pulsar no Coração do Senhor e o Coração do Senhor, no meu coração. Isto me ajuda a vencer as dificuldades. Estaremos seguros enquanto os dois corações pulsarem no mesmo ritmo.” (Pe. José Kentenich)

Estimados amigos e membros da Família Mãe e Rainha!

Ele está no meio de nós! O mês de junho nos convida a aprofundar nosso amor a Jesus Eucarístico. Na Eucaristia, seu Sagrado Coração pulsa de amor por nós, e em cada comunhão eucarística, Jesus vem ao altar de nosso coração. Tornamo-nos portadores de Cristo e, com amor, O levamos ao encontro de nossos familiares e de todas as pessoas que fazem parte de nossa vida.

Jesus fez a doação de si mesmo, no sacrifício da cruz, para nossa salvação. Diante desta prova de amor, nos perguntamos: como podemos responder a esse amor, que transborda do Sagrado Coração de Jesus, por nós? Respondemos a esse amor na vida diária, manifestando-o aos irmãos, por meio do testemunho, do anúncio e do serviço. Esses são gestos concretos de amor a Jesus, Ele que está presente no coração do irmão e, ao mesmo tempo, está presente em nós, impulsionando-nos a abraçar, com novo ardor, nossa missão de batizados.

Nos dias de hoje, devemos nos preocupar em estar atentos para aquilo que atrai o nosso coração, em meio a tantas ofertas e opções que o mundo oferece. Há tantas coisas que podem nos afastar, ou afastar nossa família do essencial. O Papa Francisco nos ajuda a refletir: “Para onde aponta o coração? Qual é o tesouro que procura? Porque – diz Jesus – «onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração» (Mt 6, 21). Todos nós temos fraquezas e pecados. Mas procuremos ir ao fundo, à raiz: Onde está a raiz das nossas fraquezas, dos nossos pecados, ou seja, onde está precisamente aquele «tesouro» que nos afasta do Senhor?” (3/6/2016 – Solenidade do Sagrado Coração de Jesus e Jubileu dos Sacerdotes no Ano da Misericórdia)

Celebramos hoje o dia da Aliança de Amor! Em seu Santuário de graças, nossa querida Mãe e Rainha de Schoenstatt conduz o nosso olhar a Jesus. Ela quer gravar em nós os traços do Divino Coração!

Acolhendo a Mãe e Rainha de Schoenstatt, você e sua família abrem as portas de seu lar para o precioso “tesouro” que ela nos traz: seu divino Filho! Que a graça de viver na presença de Deus fortaleça a fé e a união de sua família, e que a partir de seu Santuário, a Mãe Peregrina lhe conceda felicidade e paz no abrigo do Sagrado Coração de Jesus!

Hoje, ao visitar o Santuário, me lembrarei de rezar em suas intenções!
Feliz Dia da Aliança de Amor!

Ir. M. Gislaine Ap. Lourenço