XXI Festa da Aliança de Amor em Montes Claros/MG

21 de outubro de 2016

Foi realizado na comunidade São Judas Tadeu, pertencente à Paróquia São Sebastião, em Montes Claros a XXI Festa da Aliança de Amor com a Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Festa linda, com participação de aproximadamente mil peregrinos que vieram confirmar a sua fé e devoção pela grande missionária Mãe e Rainha.

XXI Festa da Aliança de Amor em Montes Claros/MG

XXI Festa da Aliança de Amor em Montes Claros/MG

Sônia Maria Cruz de Souza/Arthur Couto – Secretariado da Mãe Peregrina(Atibaia)A celebração foi presidida pelo Arcebispo Dom José Alberto de Moura, junto com ele o Pe. Arie Piedade (Assistente eclesiástico do Movimento), Padre Antônio Brígido de Lima(Pároco da Comunidade S Judas Tadeu) e o Pe. Zilmo Jota dos Santos (Paróquia São José Carpinteiro).

Dom José ressaltou que vivemos num mundo de muitas turbulências que nos faz acreditar que já se iniciou a terceira guerra mundial, diante de tantas mortes, drogas invadindo os lares inclusive nas comunidades rurais e destruindo-os, podemos ver um desequilíbrio social muito grande com muita gente que vive na miséria, miséria espiritual e física. Surge uma pergunta: “Será que ainda tem jeito?” E a resposta é “Sim!”. Se a família for uma fonte de misericórdia, de amor, se ela viver a misericórdia de Deus, se tiver por Mãe – Maria, que traz o Filho que é fonte da misericórdia do Pai, assim a sociedade tem jeito. Com a celebração desta grandiosa festa, a Festa da Aliança de Amor, é preciso que todos entendam de fato o compromisso de vida para que promova a vida à partir da família.

Clique aqui para ver as fotos!

Clique aqui para ver as fotos!

Disse ainda, que são tantos desastres porque muitas famílias são desastradas na sua convivência, no início da sua formação e no seu desenvolvimento. Quantos traumas por causa da briga dos pais ou por causa da má formação da família muitas vezes não bem encaminhadas para o seu processo. A família não preparada, o casamento não preparado pode provocar desastres sociais grandes porque aí não se forma o caráter para a misericórdia e para o amor. É muito importante que todos saibam ou aprendam a vier a misericórdia para compreender, perdoar, para amar, para saber esperar, saber cuidar da família. Como precisa ser cultivada no seio da família a misericórdia. A família que a vive contribui para uma sociedade equilibrada, que busca viver mutuamente o grandioso amor de Deus numa cultura da Aliança, uma Aliança de Amor. O motivo principal que reuni todos, nesta noite, é para que aprendam a tornar sua Família, casa da misericórdia.

Após o encerramento da celebração, foi feita a caminhada luminosa com participação também dos padres e do arcebispo. O brilho foi visível ao ouvir as vozes alegres com cantos de louvores à Mãe de Deus e orações que comoveu e atraiu outras pessoas para fazer parte desta grande família. Encerrou a caminhada com o levantamento da bandeira, onde o Pe. Ari deu a bênção e com fogos de artifícios foi encerrado a XXI Festa da Aliança de Amor.

Mais informações: (11) 4414-4249 / (11) 96861-9485

E-mail: recepcaoperegrina@gmail.com