Um novo trono de graças na região Centro-Oeste  

13 de junho de 2016

Novo Santuário Paroquial da MTA em Corumbá/GO

jun_capa

Edileuza Maria de Fontes Gonçalves – Este tempo é o momento favorável para mudar de vida! Este é o tempo de se deixar tocar pelo amor de Deus! Ao proclamar o Ano Santo da Misericórdia, o Papa Francisco esclarece seu objetivo: perceber a misericórdia infinita de Deus, que leva a uma mudança plena na vida.

E é neste tempo santo que a Paróquia Nossa Senhora da Penha, de Corumbá de Goiás/GO, na Diocese de Anápolis/GO, institui seu Santuário Paroquial da Mãe e Rainha de Schoenstatt.  Deus Pai revela nessa conquista, por meio de Maria, o seu rosto misericordioso e os faz vivenciarem a ternura de seu coração paternal, que é misericórdia infinita.

Essa Paróquia é a primeira na Diocese a ter uma capela consagrada ao patrocínio da Mãe e Rainha. É na mesma capela, no dia 28 de maio, que a comunidade tem a alegria de instituir o Santuário Paroquial com a aprovação do pároco, Pe. Jacinto André Golombek, e do Bispo Diocesano, Dom João Wilk.

Um conquista de todos

A conquista do Santuário Paroquial começou há um ano e teve seu ápice na novena que iniciou no dia 20 de maio e terminou no dia 28, com uma procissão que saiu da igreja matriz até a capela.

Em espírito de festa, no dia 28 a Santa Missa solene é presidida por Dom João Wilk e concelebrada pelo pároco, Pe. André Golombek, e por Pe. Luiz Antônio Pereira de Araújo, com participação de aproximadamente 600 paroquianos, entre coordenadores, missionários e famílias da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt.

É chegado o momento esperado!

Em seguida da comunhão, Pe. André reza em nome da comunidade: “Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, neste dia, queremos filialmente convidá-la a estabelecer aqui nesta Capela a tua morada. Estabelece teu trono de Graças neste local que te preparamos, transforma-o em Santuário Paroquial, de onde poderás desempenhar tua missão de Mãe e Educadora dos filhos de Deus e a partir daqui distribui as três graças de romaria: abrigo espiritual, transformação interior e ardor apostólico”.

Enquanto o Bispo abençoa e entroniza a imagem da MTA em seu lugar de honra, o coral canta o Hino da Mãe Peregrina e logo em seguida os fiéis rezam: “Desce Maria! Desce Mãe Admirável e toma posse do lugar que te preparamos. Toma posse dos nossos corações”.

No final da celebração é lido o decreto que eleva e confere o título de Santuário Paroquial da Mãe e Rainha de Schoenstatt a esta capela. Depois da benção final, Dom João, Pe. André e Ir. M. Clades Schwengber, assessora local, descerram a placa que fica à entrada do novo Santuário.

A Paróquia Nossa Senhora da Penha conta atualmente com 45 imagens da Mãe Peregrina de Schoenstatt, que visita em média 1.200 famílias, tanto na zona urbana quanto na zona rural. Dos missionários dessa comunidade, 39 já selaram a Aliança de Amor e seis se preparam para isso. Entre os paroquianos, 26 instituíram seus Santuários-Lares e outros cinco se os preparam.

Com tanta festa e partilha, podemos afirmar que os Santuários são um presente de Deus à Igreja, para que neles seja realizada uma evangelização permanente, plena de vida. Neles se encontra uma fonte de graças que pode saciar a sede espiritual, que dá forças para continuar a peregrinação da vida em busca do Santuário eterno.

Mais fotos