Um livro para a sua família viver a misericórdia

1 de março de 2016

Para os lares que desejam ser um sinal de Deus.

Capa Minha família, casa de Misericórdia 145x200.indd

Karen Bueno – Tem novidade na Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt “saindo do forno”. Em 2016 mais uma vez as famílias são convidadas a se reunirem com seus missionários para alguns encontros de espiritualidade e formação. Pelo terceiro ano consecutivo o Secretariado de Atibaia/SP (que atende as regiões norte, centro-oeste e sudeste do Brasil, mais o estado do Paraná) lança um livro de estudos para as famílias da Campanha.

Assim estimula o Papa Francisco: “As famílias cristãs, em particular, foram encorajadas a abrir a porta ao Senhor que espera entrar, trazendo a sua bênção e a sua amizade. A porta diz muito da casa… façam da sua soleira de casa um pequeno grande sinal da Porta da Misericórdia e da hospitalidade de Deus”.

Seguindo as palavras do Papa, a meta deste ano é transformar cada casa que a Mãe e Rainha visita num oásis de misericórdia. Por isso o livro “Minha família, casa de misericórdia”, quer ajudar a todos para que vivam, de maneira mais intensa e concreta, o ano santo.

Serão quatro encontros de formação e diálogo e um quinto encontro de oração, com a adoração e bênção eucarística. O primeiro capítulo do livro pede para que todos levem a chave de sua casa, numa prece para que Deus habite nela, fazendo ali sua morada.

Algo interessante é que nas páginas iniciais há um espaço reservado para a família colocar sua foto pessoal. Além disso, ao redor há uma moldura, feita com quadradinhos, para marcar as contribuições ao Capital de Graças. Para cada encontro tem um propósito especial.

“É um material importantíssimo na vida da família hoje, porque muitas vezes falta essa catequese de viver um com o outro, praticar as obras de misericórdia entre pais e filhos. Por isso também colocamos a foto da nossa família, dizendo que ela quer ser essa casa da misericórdia, esse lugar de Deus”, explica a assessora, Ir. M. Doralice de Souza.

Os coordenadores estão empolgados com a proposta: “Esperamos abranger as famílias, trazê-las para o seio da Igreja pelos sacramentos, principalmente pelo sacramento da Reconciliação”, comenta Marcia Quintiliano, coordenadora da Diocese de Barretos/SP.

Mais novidades…

mae peregrina

O símbolo que será colocado nas casas (clique para ampliar)

As famílias poderão ter ainda um sinal concreto do Ano da Misericórdia em suas casas. O Secretariado de Atibaia lança uma imagem da Mãe Peregrina com a frase “Minha família, casa da misericórdia” (veja ao lado). Ir. M. Doralice explica: “É um sinal de que nós queremos isso para nossa casa, tanto para as pessoas que moram ali como para aquelas que chegam, que batem a essa porta. Nesse mundo agitado, sem Deus, nossa família quer ser um oásis de misericórdia para o mundo”.

O livro e a imagem serão vendidos separadamente e a compra fica a critério de cada família. Todos podem acompanhar os encontros e adquirir o símbolo do Ano Santo, independente de receberem a Mãe Peregrina ou não, mas é importante participarem das reuniões. “O Papa diz que a casa fala muito de uma família, então se na porta da minha casa eu tenho um sinal cristão, ele está dizendo que a minha família quer fazer a diferença nesse mundo”, comenta Ir. M. Doralice.

Outro detalhe que a assessora da Campanha explica: “Esse livro não está preso ao Ano da Misericórdia, o conteúdo pode ser visto mais adiante, porque a intenção é que a misericórdia continue ressoando no coração das pessoas para além do Ano Santo. Que todos possam refletir, em família, sobre a importância da misericórdia, porque a família é a grande educadora da misericórdia nos corações”.

A intenção é que esse símbolo do Ano Jubilar da Misericórdia seja abençoado na vigília e adoração que encerra o livro.

Para adquirir entre em contato com o Secretariado de Atibaia (telefone: (11) 4414-4249 / e-mail: recepcaomp@irmasdemaria.org.br), nos Santuários de Schoenstatt ou com os coordenadores da Campanha.