Tecnologia e missão: A Campanha se lança ao novo século

8 de outubro de 2015

Em breve novidades para a região Sul e para o Nordeste.

irmasKaren Bueno – “Com o ouvido no coração de Deus e a mão no pulso do tempo”, assim segue a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt (CMPS), rumo aos tempos novíssimos. Cada vez mais a tecnologia se coloca como grande aliada dos trabalhos apostólicos e missionários da Obra de Schoenstatt, permitindo que as graças da Mãe e Rainha, que leva Jesus consigo, cheguem a mais e mais pessoas.

Um grande “aliado tecnológico” dos coordenadores da Campanha nos regionais Sudeste e Paraná é o Sistema Gabriel, um programa de cadastramento de dados sobre esse trabalho apostólico. O Sistema já é companheiro dos coordenadores desde 2011 e a grande novidade é que muito em breve, ao que tudo indica, será também uma ferramenta de evangelização para os coordenadores e missionários dos regionais Sul e Nordeste.

No começo de outubro, mês da Aliança, as assessoras da Campanha de vários estados e dos dois secretariados – de Atibaia/SP e de Santa Maria/RS – se reúnem com representantes da Synchro, a empresa que desenvolveu o software, para refletir sobre as possibilidades que esse Sistema pode oferecer para todos.

“Nós queremos conhecer o programa, ver se ele responde às necessidades da Campanha nos regionais Sul e Nordeste, se tem como se adaptar à estrutura dos nossos regionais e, assim, poder aplicá-lo e abranger toda a Campanha em nível nacional”, diz Ir. Maria Francisca dos Santos Alves, assessora da CMPS na Arquidiocese de Santa Maria/RS.

“Estamos em busca de um novo programa de cadastramento e, a partir do que vimos na reunião, o Gabriel vai muito além de um simples cadastramento. Nós ficamos realmente entusiasmadas com o Programa e levamos bastante incentivo para implementá-lo em nosso regional. A meu ver, esse é um passo muito grande no sentido de colocar a Campanha no Brasil todo num mesmo pé, no mesmo patamar. Creio que o Sistema Gabriel vai conseguir nos oferecer os dados que precisamos, mas, não somente isso, como também ser uma ferramenta de comunicação entre as pessoas que fazem parte da Campanha”, diz Ir. M. Tuana Portz, do Secretariado de Santa Maria/RS.

Ir. M. Cacilda Becker, do núcleo da Central Nacional de Assessores da Obra, reitera: “O Gabriel será esse canal de formação, de informação e de encontro para todas as pessoas da Campanha. O software vai ajudar unindo a todos. Nós temos como objetivo promover a cultura da Aliança e, nela, fortalecer os vínculos é algo muito importante. Então, o Sistema Gabriel vem para fortalecer os vínculos entre todas as pessoas”.

“Muito além de um simples cadastramento”

gabriel 4

Como comenta Ir. M. Tuana, o projeto vai além do cadastramento de missionários e famílias, ele poderá ser, muito em breve, uma ferramenta de vinculação para toda a Família de Schoenstatt no Brasil. “O sistema vai facilitar esse encontro da Mãe de Deus com as pessoas, das pessoas entre si, formando família. Provavelmente vamos chegar a uma rede social própria do Movimento. Estamos trabalhando também em um aplicativo para o celular e nesse aplicativo já terão os primeiros contatos entre os coordenadores e missionários que têm acesso ao Sistema”, adianta Ir. M. Cacilda.

O Sistema Gabriel será uma ferramenta multiuso, segundo Alexandre Peixoto, da Synchro: “Ele mantém o cadastro, permite organizar eventos, permite que as pessoas interajam entre si, como se fosse uma rede social de Schoenstatt, e também dá acesso a materiais de formação. Nós acreditamos que precisamos lançar mão de tudo que a tecnologia nos traz de bom, de facilidade, e colocar isso a serviço do Movimento para que possamos, utilizando esses novos meios, alcançar mais pessoas de uma maneira mais eficiente e estar presente na vida de todos”.

A ampliação do Projeto Gabriel para toda Família de Schoenstatt ainda está em fase de estudo, mas tem grande chance de ser implantada muito em breve. Ir. M. Cacilda adianta como funcionaria: “Assim como a Campanha, que é gerenciada por meio do banco de dados, da aproximação dos coordenadores com o Secretariado e do Secretariado com os coordenadores, isso também vai acontecer em cada ramo. Por exemplo: os dirigentes da Liga de Famílias poderão ter, dentro do Sistema Gabriel, todas as famílias cadastradas, seu endereço e dados. A rede social vai ajudar para que eles se mantenham em contato. Algo especial que vai ter também é a parte de eventos, desde a organização – inscrição, publicação, realização – até o relatório final – o que aconteceu, quantas pessoas participaram, etc. – terá esse espaço onde as pessoas poderão fazer as anotações”.

O que é o Sistema Gabriel?

Algo bastante ambicioso, como se pode notar. Porém, atualmente trata-se de um sistema de cadastros onde o coordenador da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt inclui informações sobre as famílias que recebem a imagem da Mãe e Rainha. Isso acontece por meio de um portal online (clique para conhecê-lo) bem simples, de fácil acesso e sem muita dificuldade para navegar.

Ir. M. Doralice de Souza, assessora da Campanha, no regional Sudeste, ressalta a segurança que essa plataforma oferece. Os dados não são divulgados para todos, apenas para os coordenadores das respectivas regiões – paróquias, dioceses, decanatos, etc.. Como se trata de um software criado especificamente para a Campanha, é bastante seguro.

“A implantação do Sistema tem sido um grande benefício para o Secretariado da Mãe Peregrina. Ele deu muito mais segurança e estabilidade ao nosso trabalho. Hoje, a intenção é que todos os coordenadores possam aderir e se sentir dentro do Secretário cada vez que tem uma atualização para fazer, que eles se tornem multiplicadores desse processo de cadastro das imagens”, comenta a assessora do Sudeste.

Os coordenadores vinculados ao Secretariado de Atibaia/SP que desejam incluir seus missionários e famílias no Sistema Gabriel podem entrar em contato pelo telefone (11) 4414-4249, ou pelo e-mail: recepcaomp@irmasdemaria.org.br. Sobre a implantação do Sistema no Secretariado de Santa Maria/RS daremos mais informações em breve.