Senhoras de Schoenstatt: vocação e missão para o mundo

26 de agosto de 2015

Conheça melhor esse Instituto Secular de vida consagrada.

senhoras-de-schoenstattKaren Bueno – Uma vocação inserida no mundo e para o mundo, uma vida consagrada a Deus que se realiza no pleno amor e serviço aos demais. Este é o Instituto Secular Nossa Senhora de Schoenstatt, formado por mulheres ousadas, que assumem a missão de serem companheiras e colaboradoras de Cristo ante os desafios da vida cotidiana, dando uma resposta de amor à realidade em que estão inseridas.

Pe. Kentenich, em seu espírito de Pai e Fundador, apresentou várias possibilidades vocacionais, contemplando os diversos estados de vida. Assim, o Instituto das Senhoras de Schoenstatt é composto por leigas consagradas que vivem os três conselhos evangélicos – pobreza, obediência e virgindade – em sua vida profissional e em todos os ambientes onde atuam.

As Senhoras trabalham, estudam, rezam, são também assessoras dos ramos do Movimento de Schoenstatt e vivem a espiritualidade da Aliança de Amor como filhas eleitas, consagradas ao Pai. A Sra. Ana Christina Melquiades, pedagoga, está no Instituto há nove anos, atualmente no terciado e a caminho da consagração Perpétua. Ela trabalha como coordenadora pedagógica de uma escola em Caieiras/SP e explica um pouco mais sobre a vocação das Senhoras de Schoenstatt e seu atuar no mundo:

Como é a rotina, de maneira geral, de uma Senhora de Schoenstatt?

Vivemos no meio do mundo, santificando-o e consagrando-o a Deus por meio dos estudos, do trabalho profissional, do trabalho apostólico e de nossa vida cotidiana. Somos um Instituto de vida secular, podemos viver com nossas famílias, sozinhas ou na casa da Comunidade.

No Brasil, onde moram as Senhoras de Schoenstatt e em quantas são?

No Brasil temos nossa casa no bairro do Jaraguá, em São Paulo/SP, conhecida como “Monte do Pai”. Somos atualmente em cinco Senhoras de Schoenstatt que vivem no país.

Quais os passos para se tornar uma Senhora de Schoenstatt?

O tempo de formação do Instituto varia de oito a dez anos dependendo de cada curso. O primeiro passo é o postulado, momento em que conhecemos a comunidade e nos introduzimos no espírito que a guia, em seguida o noviciado. Ao finalizar o noviciado realizamos o primeiro contrato, no qual oficialmente somos Senhoras de Schoenstatt. Depois continua o tempo de formação com dois terciados finalizando com o contrato Perpétuo. Essa formação a realizamos nos lugares onde estudamos e trabalhamos. Não nos enclausuramos, nem nos fechamos em algum lugar para o tempo de formação, pois o mundo é nosso campo de atuação, mas sim temos uma clausura interior para poder viver intensamente o tempo de formação no meio do mundo.

Como é conciliar a vida profissional e a vida consagrada? Uma toma o espaço da outra?

Amamos nosso tempo, os lugares no qual vivemos e trabalhamos, amamos as pessoas que vivem aí, com o único desejo de aproximá-las ao amor de Cristo e de Maria. Tomadas pela mão de nossa querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, junto com nosso Pai e Fundador, como Senhoras de Schoenstatt queremos ser um louvor permanente a Deus, um exemplo e, instrumento de salvação para cada uma das pessoas ao nosso redor e nossa profissão é um caminho para que a graça chegue a muitos corações.

Nessa rotina, como fica a vida de oração e os sacramentos?

Nossa contribuição cada dia e cada hora é estar atentas para que nossa vida interior funcione, Ora es labora (orar é trabalhar), e esta vida interior é fundamentada naquele no qual entregamos nossa vida.
A vida de oração está totalmente vinculada às atividades que realizamos, em como organizamos nosso tempo e nossos afazeres, para manter o equilíbrio entre a contemplação e a ação com a participação nos sacramentos, adoração ao Santíssimo, vínculo ao Santuário, que é onde recebemos as forças e graças para viver nossa vocação.

A senhora é uma consagrada que vive sozinha e não usa um traje específico que indique essa consagração. Como as pessoas veem sua vocação?

Temos consciência de que quanto mais nos assemelhamos a Jesus e a nossa querida Mãe de Deus, maior é a influência que ganhamos ao nosso redor e nos corações, mesmo que isso não seja exteriormente visível. Vivemos “ocultas” com traje laical e com isso chegamos de forma direta às pessoas; muitas vezes as pessoas não têm conhecimento de nossa vocação, tampouco necessitamos ser reconhecidas. O apostolado do ser, a simples presença no meio do mundo como portadoras das graças que emanam do Santuário e de nossa vocação como Senhoras de Schoenstatt é o mais importante.

Há algum símbolo que caracteriza esse Instituto?

A Cruz da Unidade é expressão de nossa vocação, pois, como Maria, queremos ser Companheiras e Colaboradoras de Cristo no meio do mundo, levando seu precioso sangue redentor e a graça de Schoenstatt aos corações, e ao mesmo tempo trazer a seu coração as cruzes, sofrimentos, alegrias que recolhemos em nosso cruzar e peregrinar diário no meio do mundo.

Como podemos contatar o Instituto das Senhoras?

Pelo telefone (11) 3941-2688, ou pelo e-mail: anamelq@gmail.com

Clique para saber mais