A Família Internacional de Schoenstatt vive as graças do “Ano Pe. Kentenich” (período de especial preparação ao jubileu de ouro do falecimento do nosso Fundador em 15.09.2018), e um grande presente que podemos lhe dar é enviar os testemunhos e relatos de graça alcançada por sua intercessão.

Os passos são bem simples para que esses depoimentos possam valer no processo de beatificação, basta preencher alguns dados pelo formulário:

Orientações

– É possível escrever quantas graças desejar, mais de uma, se for o caso.

– É importante dizer exatamente como o Pe. Kentenich lhe ajudou, descrever a graça alcançada, não somente dizer que ele intercedeu por um pedido seu.

– Os testemunhos que chegam ao Secretariado são arquivados ao processo e guardados em sigilo, nenhuma pessoa é exposta por meio deles.

– Cada pequena graça do dia a dia pode contribuir no processo.

Vejamos alguns exemplos de como é simples enviar um relato:

Eu e meu irmão queríamos vender uma casa e não conseguíamos. Colocamos a questão nas mãos da Mãe e Rainha e do Pe. José Kentenich.
Apareceu, em seguida, um comprador e tudo deu certo. ICJF – Petrópolis/RJ

Estava sem emprego e sem recursos. Comecei a rezar a novena pela beatificação do Pe. José Kentenich e em cinco dias consegui um emprego. HMD – Lorena/SP

Por mais de dez anos eu sofria com uma inflamação crônica na glândula parótida direita no rosto. Inchava muito e causava muita dor. Tomava muitos remédios e injeções. Rezei ao Pe. José Kentenich e não tenho mais nada, já por seis anos. MPC – Carlópolis/PR

Meu netinho nasceu prematuro. O médico não deu esperança de vida, nem para ele, nem para minha filha. Entregamos tudo nas mãos da Mãe e Rainha, por intercessão do Pe. José Kentenich. Hoje agradeço a graça alcançada: a vida do meu neto e da minha filha. NRN – Nova Odessa/SP

 

Uma dica aos conectados

A Juventude Feminina de Schoenstatt lançou recentemente o aplicativo Meu Pai e Intercessor. Por meio dele é possível enviar, do celular, de onde estiver, seus relatos para a causa de beatificação do Pe. Kentenich.

Clique para saber mais!