Capital de Graças

piraEssa expressão surge com o Movimento de Schoenstatt e significa as ofertas espirituais que são oferecidas à Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, em seu Santuário.

São as orações, sacrifícios, trabalhos, alegrias, sofrimentos, boas obras, sobretudo, o esforço para vencer as más inclinações, paixões, egoísmo e todo o pecado que impede de vivermos bem a nossa Aliança batismal.

Colocamos tudo isso nas mãos da Mãe e Rainha de Schoenstatt, no Santuário, a fim de que ela una nossas ofertas ao sacrifício Redentor de seu Filho divino. Como ensina a Santa Igreja, em Cristo nossas ações se tornam mais perfeitas e contribuem para a salvação de toda a humanidade.

A contribuição ao Capital de Graças é parte essencial da Aliança de Amor de Schoenstatt e por isso, é condição, indicada pela Divina Providência, para que a Capelinha de Schoenstatt permaneça um Santuário de graças. “Deus que nos criou sem nós, não quer nos salvar sem a nossa colaboração!” (Santo Agostinho)

Para saber mais, clique aqui!