Puer et Pater: Encontro de Líderes do Jumas

19 de fevereiro de 2016

Filho e Pai.

jumas sulGustavo Marconato – Durante o feriado de Carnaval, entre os dias 5 e 7 de fevereiro, a Juventude Masculina de Schoenstatt (Jumas) do regional Sul se reúne para realizar o Encontro Regional de Líderes. Com muito entusiasmo, 25 jovens se encontram no Centro Tabor em Itaara, cidade de Santa Maria/RS, para receber formação e decidir os rumos do Jumas no Rio Grande do Sul. Das cidades participantes estão representantes de Ametista do Sul, Boa Vista do Buricá, Frederico Westphalen, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santo Ângelo e Seberi. Também participam o Ir. Manfred Worlitschek, assessor regional, Ir. Benedicto Fêlix, de Santo Ângelo, e o Ir. Marco Correa, assessor de Santa Cruz do Sul.

Com o passar da noite de sexta-feira, os diferentes grupos das cidades vão se reunindo no Santuário Tabor Puer et Pater para iniciar o Encontro. Junto à Mãe de Deus, podem entregar tudo aquilo que deixaram em suas casas e aquilo que vivenciarão no fim de semana.

Durante o sábado é trabalhado o tema da liderança frente ao grupo de vida e ao mundo, destacando o papel de líder do Pai e Fundador ao conduzir a Obra de Schoenstatt durante sua vida. Além disso, durante a tarde é proposta uma dinâmica de grupo para que os jovens tenham uma pequena experiência como dirigente de pioneiros, na qual aqueles que já dirigem um grupo partilham sua vivência. Ao entardecer vem o momento de diversão, com jogo de futebol e trilha. Ao fim da noite, no recolhimento, é realizado um forte momento de reflexão à respeito da missão dos líderes frente ao Jubileu de 60 anos do Jumas Regional Sul e do Jumas Brasil, fazendo uma retrospectiva da história do Santuário de Itaara.

No último dia de encontro, os jovens aprendem um pouco mais sobre o ideal da coluna masculina do Movimento de Schoenstatt: O Puer et Pater (Filho e Pai). Nele é destacado como o líder é chamado a ser pai para aqueles que lhe foram confiados e ao mesmo tempo filho diante de Deus Pai. Um exemplo vivo deste ideal foi Mario Hiriart, Irmão de Maria e heroi de Schoenstatt, no qual o Pe. Kentenich pode ver cinco pontos essenciais para uma profunda vivência do Puer et Pater: ser modelo para o homem, ser claro no pensar, ser dedicado ao seu trabalho, ser disciplinado e ser religioso até o subconsciente. Por último, é tratada a corrente de vida do “Tudo pela Rainha”, seguida da motivação para o Encontro Nacional e também para outras atividades do regional e do Jumas Brasil, como as Missões Mistas Sanctuarium Vivum, Encontro de Músicos e Missões Cristo Tabor.

Do Santuário Puer et Pater os jovens são enviados de volta às suas cidades para entregar tudo pelo seu ramo, com a consciência de que a coroação da Peregrina da Juventude Heroica não é um presente, mas uma missão para o novo tempo.

Geração Missionária, Tudo pela Rainha!

Fonte: jumasbrasil.com.br