Por Cristo, no Espírito, ao Pai: 8º dia

13 de maio de 2016

simb-pai

O Espírito é o vínculo, o amor entre o Pai e o Filho. Vejamos as palavras do Pai e Fundador, Pe. José Kentenich:

“O Espírito Santo é o grande vínculo que une, que nos une estreitamente a Cristo e também nos une entre nós, uns com os outros. O Espírito Santo é o Espírito de Cristo. Por isso o Espírito Santo é também o Espírito do ‘Corpus Christi mysticum’ (o Corpo Místico de Cristo = a Igreja). Mas ele deve tomar-se também nosso espírito! E, na medida em que Nossa Senhora nos introduz em todo o organismo do mundo sobrenatural, nessa mesma medida também somos inflamados pelo Espírito de Deus, o Espírito Santo!” (Conferência para as Irmãs de Maria de Schoenstatt, 24 de maio de 1931).

Na solenidade da Santíssima Trindade, o Papa Francisco afirma (15 de junho de 2014): “O Espírito Santo, dom de Jesus Ressuscitado, comunica-nos a vida divina e faz-nos entrar, deste modo, no dinamismo da Trindade, que é de amor, comunhão, serviço recíproco e partilha. Uma pessoa que ama os outros pela própria alegria de amar é reflexo da Trindade. Uma família na qual todos se amam e se ajudam uns aos outros é um reflexo da Trindade. Uma paróquia na qual os fiéis se amam e partilham os bens espirituais e materiais é um reflexo da Trindade. O verdadeiro amor não tem limites, mas sabe limitar-se, para ir ao encontro do outro, para respeitar a liberdade do outro”.