Peregrina Original abençoa o Centro-Oeste brasileiro

6 de março de 2015

Recordando as graças.

um dia de graçasA região Centro-Oeste do Brasil vive dias de graças com a passagem da Mãe Peregrina Original no ano de 2012. Todo o encontro que a imagem gera, o esforço dos filhos para encontrá-la, deixa lindas recordações de uma oportunidade única. Em 2015 celebramos 65 anos da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt e 60 anos da coroação da imagem original – essas vivências têm um tom diferente para quem pôde se aproximar da Peregrina de João Luiz Pozzobon.

A visita da Peregrina Original pela região Centro-Oeste brasileira recorda bastante o apostolado de João Luiz Pozzobon. Nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a Mãe passa por Igrejas, famílias, escolas, presídios, hospitais, comunidades religiosas, por um monte de lugares, ela não para. Ela vem de longe para encontrar os filhos, e os filhos aproveitam o máximo que podem esses momentos especiais.

Um marco para o Mato Grosso do Sul Peregrina Original visita as detentas

A primeira cidade que tem o privilégio de acolher a Peregrina Original em Mato Grosso do Sul é Três Lagoas/MS. No aeroporto a imagem chama a atenção e muitos se aproximam dela para rezar – até o piloto faz questão de ser fotografado com a Mãe.

Um momento muito forte nessa cidade é a visita da MTA ao presídio. Ir. M. Márcia da Silva e Ir. M. Gislaine Lourenço contam: “A Mãe chegou no momento em que as detentas estavam no banho de sol, logo uma chamava outra e todas vinham. Sentimos a alegria deste encontro. Bem baixinho, podia-se escutar esta oração: ‘Minha Mãe ajuda-me a sair dos vícios, a mudar… Mãe eu ainda vou sair daqui….’”.

Ali em Três Lagoas, a Peregrina visita escolas, tem um momento muito especial com o Terço dos Homens Mãe Rainha e encontra-se com uma porção de filhos. Na Catedral diocesana, é acolhida pelo bispo, Dom José Moreira de Bastos Neto, que preside a Santa Missa para 700 pessoas, aproximadamente. Como presente, os missionários coroam suas imagens nesta ocasião e despedem-se da Mãe com uma carreata. Veja as fotos.

Em Dourados/MS a Mãe e Rainha é recebida com fogos na entrada da cidade. Sua passagem atrai uma multidão de pessoas para vê-la nas escolas e Igrejas que percorre. Nessa cidade, visita a casa do Instituto das Filhas da Pobreza do Santíssimo Sacramento, conhecidas como “Toca de Assis”, onde vivem pessoas abandonadas ou moradores de rua. Veja as fotos.

A passagem por Ivinhema/MS é breve, mas cheia de honra. Um caminhão do Corpo de Bombeiros conduz a imagem pela cidade, e uma carreata segue atrás buzinando e fazendo festa pela presença especial. “Na matriz, o povo a esperava com bandeira azul e branca nas mãos e, após um comentário animado contando sua historia, a Mãe entra solenemente em meio a seus filhos. Ela é aclamada com muitas palmas, alegrias e lágrimas de felicidade, por ter vindo visitá-los”, recordam as Irmãs. Veja as fotos.

Também a comunidade de Deodápolis/MS faz questão de receber a Peregrina Original. A Mãe chega num dia útil, mas mesmo assim a Igreja fica lotada às 9 da manhã para a Santa Missa – cerca de 400 pessoas participam da solenidade. São poucas horas que a Peregrina fica ali, mas é um tempo essencial para eles, a ponto do pároco comentar, brincando, na homilia: “Irmãs, se as senhoras não passassem em nossa cidade, iríamos fechar a entrada e até sequestraríamos as senhoras, para podermos ficar ao menos um pouquinho com a Mãe Peregrina. Mas, felizmente a Mãe nos concedeu essas horas em nossa paróquia”.

Viajando por horas pelo Mato Grossoem Varzea Grande

Em Araputanga/MT é uma festa só quando a Mãe chega. As Irmãs viajam sete horas desde Cuiabá/MT até ali, e o povo espera ansioso a chegada do ônibus:

“A Mãe Peregrina é recebida com muita festa na entrada da cidade. Havia fogos de artifícios e o carro de som tocando o hino da Campanha. O ônibus parou para descermos no meio dessa festa e os outros passageiros ficaram admirados: Anjinhos, povo com bandeirinhas brancas e o padre acolheram a Mãe Peregrina. Quando tiramos a Mãe de sua grande capa, eles romperam em grande aclamação: ‘Viva a Mãe Peregrina!!!’ Pelo microfone, o padre conduzia as homenagens e orações em louvor a nossa Mãe e Rainha. Quase não dava para segurar a emoção, pois o povo tem uma devoção tão singular. A alegria é grande quando podem contemplar a Mãe, eles agradecem por trazermos a Peregrina Original até eles”.

Ali em Araputanga/MT também acontece uma grande carreata para acolher a Mãe. Na Missa da noite, mesmo sendo dia de semana, cerca de 500 pessoas participam, algumas viajaram 70 km para estar ali. Veja as fotos.

A capital Cuiabá/MT também tem seus momentos de encontro. Durante a visita, os missionários levam suas imagens para terem contato com as graças da origem. Cerca de 800 pessoas participam da Santa Missa para estarem próximas da Mãe Três Vezes Admirável. Veja as fotos.

Valeu a pena?

Os comentários neste site expressam a alegria em receber essa visitante especial: “Receber a visita da Mãe é uma bênção muito grande… A alegria que invade nosso coração é uma resposta ao amor e a predileção da Mãe por seus filhos… somos gratos por Ela ter escolhido nossa cidade e também nossa paróquia para ensinar-nos a sermos obedientes e fiéis a nossa missão… Mãe Peregrina, temos muito que aprender contigo… Estamos em festa… Viva nossa Mãe e Rainha!!!”.

Veja como foi a peregrinação pela região Norte