Padres de Schoenstatt reunidos para o Capítulo Geral

20 de agosto de 2015

Rezemos por toda comunidade: Vinde Espírito Santo!

padres-capituloKaren Bueno – No dia 5 de agosto os superiores e representantes do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt de vários países abriram o 5º Capítulo Geral da comunidade. O encontro iniciou-se com uma Santa Missa no Santuário Sião, presidida pelo superior geral, Pe. Heinrich Walter, que, num diálogo direto com a Mãe durante a homilia, pede que ela esteja presente com eles durante toda a assembleia, cobrindo-os com seu manto de amor, seu poder de diálogo e transparência e seu olhar de futuro, assim lhe confia as discussões e decisões. Por fim, caminham à sala capitular, onde é oficialmente declarado o início do Capítulo.

Todos os trabalhos acontecem na “Father House” dos Padres numa ambiente de Cenáculo, onde, reunidos com Maria, imploram as luzes do Espírito Santo para esse momento de graças. Do Brasil participam Pe. Vandemir Meister, superior do Instituto no país, e Pe. Alexandre Awi Mello, diretor nacional do Movimento.

No segundo dia da assembleia geral é anunciada a formação de duas novas regiões dos Padres na Índia. Pe. Joy Madathumpedy assume uma delas como superior: “Estou confiante sobre o meu novo trabalho”, afirma. Há muitos questionamento nesse dia e Pe. Ignacio Camacho, tesoureiro geral do Instituto, apresenta os relatórios da parte econômica – todos os aspectos da vida da comunidade devem ser avaliados em conjunto.

No início da nova semana, Pe. Raúl Espina expôs um relatório sobre a formação dos Padres de Schoenstatt. Sua reflexão continha vários assuntos e ele vê sete “dimensões-chave”, para a formação de um sacerdote de Schoenstatt: a humanidade, a vida espiritual, o apostolado, a comunidade, a relação com o mundo, a liderança e a identidade de Schoenstatt. Não se trata de uma lista de capacidades que um vocacionado deve apresentar, mas de um esboço dos aspectos que precisam amadurecer durante o período de formação. Outro tema foi sobre as habilidades que um educador deve ter; isso envolve “por um lado, uma profunda compreensão da pedagogia, do pensamento do Pe. Kentenich, e por outro compreender os elementos principais de formação presentes hoje nas universidades e instituições de vida consagrada”. Várias perguntas são então lançadas e aí começam os trabalhos sobre esse tema.

Em unidade internacional

Para que o Capítulo aconteça e todos possam se compreender mutuamente, existem inúmeras pessoas ajudando nas traduções simultâneas, escritas, fotocópias e outras tarefas práticas, entre eles Pe. Afonso Wosny, assessor da Juventude Masculina no Paraná. Pela primeira vez um Capítulo Geral dos Padres acontece em três línguas: espanhol, inglês e alemão. Os membros do Capítulo podem usar qualquer uma dessas três línguas para expressar seu ponto de vista ou opinião. Por outro lado, cada grupo de trabalho é composto de forma lhe permita funcionar em apenas um idioma. Durante o encontro, vários vídeos são divulgados apresentando um balanço das discussões e temas trabalhados durante o dia (para ver clique).

O Capítulo Geral não tem previsão de término, os trabalhos seguem pelo período que for necessário, conforme as discussões e a inspiração de Espírito Santo. Durante esse encontro será eleito o próximo superior e os membros da direção geral da comunidade. Rezemos, neste mês vocacional, por todos os Padres de Schoenstatt, especialmente pelos Padres capitulares, para que recebam a luz divina e conduzam a comunidade de acordo com o desejo e o querer do Eterno Pai.

Com informações de: schoenstatt-fathers.org