O que significa o símbolo do Movimento de Schoenstatt?

27 de novembro de 2015

“Esta é a bandeira que escolhi”

schoenstatt simboloIr. M. Nilza P. da Silva – Em qualquer lugar em que se reúna um grupo da Família de Schoenstatt, nós os reconhecemos por meio desse símbolo. Ele está nas flâmulas, bandeiras, lenços, enfim, ele sempre nos indica ao Movimento Apostólico de Schoenstatt.

Mas, o que ele realmente representa? Qual sua origem? É símbolo da bandeira de Schoenstatt?

Embora não tenha sido proclamado como símbolo oficial do Movimento de Schoenstatt, tem sido usado como tal, desde 1985. Tudo começou em janeiro de 1984, quando, em preparação às comemorações aos cem anos do Fundador, Pe. José Kentenich, Heinz Kassung, um artista de Coblença/Alemanha pinta o símbolo de centenário.

O que representa cada parte

No centro está o Santuário, lugar da Aliança de Amor com Maria, em 18 de outubro de 1914. Ele é o ponto central da vida do Pe. José Kentenich e da sua Família de Schoenstatt espalhada por todo o mundo.

A cor azul lembra Maria. Junto a esse centro as pessoas procuram assumir a mensagem de Jesus e concretizar o seu reino de amor, de liberdade, de alegria, de veracidade e de justiça. É um novo Tabor. A superfície amarela representa esse reino.

Esta superfície está circundada pelos muros da Cidade Nova (cf. Nova Jerusalém – Apocalipse 22). Os habitantes desta cidade são pessoas que não fazem dela um gueto, que não fogem das exigências do dia-a-dia, pois Deus é parte essencial de suas vidas. Ele deve ser perceptível no mundo a chegar a todos por meio dos habitantes desta Cidade Nova.

Algo deve-se irradiar dela. Das doze portas partem caminhos pelos quais se pode dar um intercâmbio de vida entre pessoas dispostas a servir e a enriquecer-se mutuamente.

A forma de uma cruz que impregna todo o conjunto, marca os alicerces da Cidade Nova. A Cruz de Cristo é símbolo permanente de redenção. É sinal do amor de Deus aos homens. Pode-se perceber a atuação fecunda e maternal de Maria a partir do Santuário pelo grande número de pessoas que Ela atrai e conduz a Cristo.