O que é o Santuário de Schoenstatt para você?

27 de setembro de 2015

guarapuava-santuario“É onde renovamos nossas forças, onde nos colocamos em Aliança com Jesus e Maria. É o lugar em que sempre se renova nossa fé e o crescimento interior, a Mãe nos atrai até ele”, diz Lucia Mota de Freitas, da Liga das Mães de Schoenstatt de Magé/RJ, Diocese de Petrópolis/RJ.

“O Santuário é uma benção, é o meu segundo lar, eu me sinto em casa ali. Ele transmite uma paz tão grande, em cada pedacinho sentimos a presença de Nossa Senhora”, comenta Maria de Fátima Menezes de Oliveira, missionária da Campanha da Mãe Peregrina em Campo Grande, Rio de Janeiro/RJ.

“O Santuário, em primeiro, é para mim um oásis. Muitas vezes o visito e passo algumas horas nele. Desde jovem, quando morava em São Paulo/SP, já o freqüentava”, afirma Dom Roberto Lopes, Abade do Mosteiro Beneditino e Vigário Episcopal para a Vida Consagrada na Arquidiocese do Rio de Janeiro/RJ.

Para o Cardeal do Rio de Janeiro/RJ, Dom Orani João Tempesta, o Santuário da Mãe e Rainha é “o ponto visível de toda essa espiritualidade, ele leva adiante a missão de Schoenstatt. As pessoas que vão até ele são assistidas, evangelizadas, acompanhadas para que voltem melhores, renovadas, para suas casas, suas paróquias”.

Certamente que para todos, trata-se de um lugar especial de encontro com a Mãe e com o Menino Jesus, um Tabor onde é bom estar. Das muitas respostas possíveis, ressaltam-se sempre o carinho e o amor que as pessoas expressam pela singela capelinha de Schoenstatt – algumas, inclusive, se emocionam ao falar dela.

O Santuário é uma construção pequenina, de medidas estreitas, onde cabe, apertando bem, cerca de 30 pessoas. E sendo tão pequeno, como é possível abrigar o mundo todo? Pela grandeza do amor de Maria a mágica acontece. Na Aliança de Amor o Santuário se transforma em coração, ou melhor, o coração torna-se um Santuário vivo. Assim, na singela capelinha estão presentes milhões de corações que se consagraram a Maria.

Algo belo que o tempo e a vida ensinam é que é possível estar bem longe, e ao mesmo tempo permanecer constantemente no Santuário. Isso os primeiros heróis faziam nos tempos de guerra e o próprio Fundador afirma: “Quem me busca me encontra sempre no Santuário e no coração de Maria”. Pela Aliança de Amor cada coração se torna um Santuário Vivo, em profunda vinculação com a rede de Santuários, um lugar de encontro com a Mãe e com Jesus, basta fechar os olhos e se transportar para esse lugar de graças.

Outra “magica” que envolve o ‘lugarzinho predileto’ de Schoenstatt é a imagem da Mãe Peregrina. Por meio dela o Santuário se faz ainda menor para alcançar o mundo, ele se transforma em uma pequena imagem de madeira que entra de casa em casa e faz delas um vivo Tabor. As imagens da Mãe Peregrina são uma versão reduzida do Santuário, com as mesmas graças que emanam da Capelinha.

A literatura schoenstattiana dedica páginas e mais páginas para traduzir o que significa um Santuário de Schoenstatt. “Sua finalidade é acolher o peregrino e proporcionar-lhe uma profunda experiência com Deus no Santuário, por meio da Mãe Três Vezes Admirável. Ser o centro espiritual de toda a Família de Schoenstatt e de sua missão. Ser lugar de envio de imagens da MTA como Peregrina de Schoenstatt. Ser a garantia do Santuário-Lar, para formar uma autêntica família doméstica[1]”, e muito mais.

O Santuário é um local de encontro com Deus, com a Mãe e com os irmãos na Aliança de Amor. “Não se pode ir ao Santuário de Schoenstatt sem a disposição interior de mudar de vida e converter-se de coração. Seu explícito caráter de lugar de Aliança nos assinala que se deve ir lá, ao mesmo tempo para dar e para receber[2]”.

O Pai e Fundador explica: “Em todo lugar brilha o sol, mas em determinados lugares seus raios exercem um efeito particular. Com a Mãe de Deus acontece algo semelhante. Ela busca com verdadeiro sentimento maternal a proximidade da terra; escolhe seus lugares prediletos, à semelhança do que fazemos em casa quando reservamos uma sala especial para tratar assuntos na intimidade[3]”. É isso que acontece em Schoenstatt, por isso Pe. Kentenich ensina a rezar:

“Sim, eu conheço esta terra maravilhosa,
É o prado do sol no brilho do Tabor,
Onde Nossa Senhora Três Vezes Admirável
Impera no meio de seus filhos prediletos
E retribui fielmente todos os dons de amor,
Revelando sua glória, sua infinda e rica fecundidade:
É minha terra natal, minha terra de Schoenstatt!”

O Santuário é uma capela pequenina, com tamanho físico limitado, por isso surge o risco de tentar defini-lo em poucas linhas. Mas a vivência e a compreensão de sua missão mostram que é impossível traduzir em poucas ou em muitas palavras algo que não tem tamanho. Quer saber o que é o Santuário? Não espere que alguém lhe conte, não tem como, pois somente estando nele é possível compreender que o amor da Mãe de Deus não tem medidas.

Por Karen Bueno

Referências

[1] Vademecum da Central Nacional de Assessores do Brasil, pág 69.
[2] O que significa o Santuário de Schoenstatt?, Pe. Hernán Alessandri Morandé, pág. 161.
[3] Tua Aliança – Nossa Missa, Pe. Peter Wolf, pág. 62.

  • Sônia Toledo

    É o lugar onde renovo sempre as minhas forças e prático a minha fé, me sinto em paz, feliz por esta todas as terças feiras ajudando aquele que me procura

  • Padre Francisco

    É um lugar onde renovo minha vocação e ministério. Belo lugar!

  • Neyde S. Oliveira

    O Santuário para mim, é um lugar de muitas graças, porque a Mãe peregrina é a nossa primeira intercessora, o milagre de Cana foi a seu pedido.

  • Nancy Souza

    A capela pequenina do Santuário de Schoenstatt, nos indica o caminho de Jesus ressuscitado, e o quão grande é a intercessão da Mãe Peregrina por seus filho(a)s.

  • Dalisa Vianna

    O Santuário é um lugar sagrado , onde reina nossa Mãe Admirável de Schoenstatt com seu divino Filho Jesus . Lá nós somos amorosamente acolhidos e sentimos, confiantes, a força da Aliança de Amor que com a Mãe selamos para toda a vida . Lá encontramos paz e buscamos forças para prosseguir na caminhada .

  • Rosaria

    É um pedacinho do Céu na terra…

    • Filomena Abadia

      É um lugar de bênçãos, de transformação é onde sentimos a real presença da Mãe deJesus. É uma grande alegria estar no Santuário,onde o Céu toca a Terra.
      Filomena Abadia,
      Anapolis -Go o