O melhor Educador: 3º dia

8 de maio de 2016

anunciaçao espirito santo

Pe. Kentenich nos orienta a adentrar na “escola do Espírito Santo” e deixá-lo agir:

O Espírito Santo entrou em nosso coração, no Batismo, como o educador. Portanto, não foi algo como os israelitas, que foram conduzidos por meio de uma coluna de fogo – durante o dia era a nuvem e à noite a coluna de fogo (cf. Ex 13, 21 s). Era uma condução a partir do exterior. Não! O Espírito Santo habita em nossos corações (cf. Rom 8,9) e em nosso coração ele quer exercer sua grande atividade educativa, a transformação espiritual de nossa alma. […] Resumindo: se quisermos, no sentido do evangelho, preparar-nos para a festa de Pentecostes, deveremos aprender novamente a ouvir melhor o que o Espírito Santo diz em nosso interior. E não só ouvir, mas aprender a segui-lo! Portanto, o Espírito Santo é o maior e o melhor educador.

Da mesma forma, indica o Papa Francisco:

“O Espírito Santo ensina-nos: é o Mestre interior. Ele orienta-nos pela senda reta, através das situações da vida. Indica-nos o caminho, a vereda. Nos primórdios da Igreja, o Cristianismo era conhecido como «o caminho» (cf. At 9, 2), e o próprio Jesus é o Caminho. O Espírito Santo ensina-nos a segui-lo, a caminhar nas suas pegadas. Mais do que um mestre de doutrina, o Espírito Santo é um mestre de vida. E, sem dúvida, da vida faz parte também o saber, o conhecer, mas no contexto do horizonte mais amplo e harmonioso da existência cristã” (Missa de Pentecostes, 8 de junho de 2014).