Noviços dos Padres de Schoenstatt visitam o Brasil

13 de fevereiro de 2015

Descobrindo o Tabor.

seminaristasKaren Bueno – Eles estão no segundo ano de noviciado, no período conhecido como “noviciado fechado”. Pela primeira vez saem do Paraguai para outro país, e são recebidos com alegria no Brasil.

“Aproveitando que somos poucos, formamos um curso pequeno, tivemos essa oportunidade de vir para o Brasil. Viemos visitar os Padres de Schoenstatt daqui, também a minha família e descobrir como funciona o Movimento no país”, explica Maike Andrade, o único brasileiro do Curso, que é de São Bernardo do Campo/SP.

Maike e seus seis irmãos de Curso – Santiago Abella (México), Luis Polit (Equador), Facundo Martínez, Agustín Ozcoidi, Lucas Chiappe (Argentina) e Joaquín Puertas (Chile) – mais o mestre, Pe. Bernardo Parra, chegaram ao país no dia 6 de fevereiro, e retornam para o Paraguai na próxima segunda, dia 16.

Nesta quinta-feira, visitam o Santuário de Atibaia/SP para conhecer os trabalhos que acontecem ao redor. Chama-lhes a atenção, especialmente, o Secretariado da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt.

“A Campanha impressiona pela quantidade de pessoas. Dá para perceber como os Padres e as Irmãs têm muito trabalho por aqui”, diz Facundo Martínez. “É uma coisa que surpreende e impressiona todos os outros países, não apenas nós que vivemos aqui”, acrescenta Maike.

O mestre dos noviços concorda: “Não conhecemos tanto o Movimento no Brasil, mas a Campanha é muito conhecida, é a carta de apresentação de Schoenstatt. O trabalho com a organização da Campanha em Atibaia/SP é totalmente profissional”. Pe. Bernardo Parra coloca ainda: “Me chama a atenção o trabalho de acompanhar os missionários antes, durante e depois do início da caminhada com a Mãe Peregrina. A proximidade com eles, de enviar cartas, ligar, tudo isso é muito impressionante”.

Missão Tabor

Os noviços também querem saber como funcionam as romarias no Santuário Tabor da Permanente Presença do Pai. “Todo o trabalho pastoral e as estratégias que as Irmãs utilizam, a criatividade que elas têm para atingir as pessoas de uma forma simples, próxima, cálida, me chamam a atenção. Acho que isso vai servir para nós também, como futuros Padres de Schoenstatt, conhecer esse trabalho mais próximo das pessoas”, comenta Maike Andrade.

Esse acolhimento tem como “pano de fundo” a missão Tabor, presenteada pelo Pai Fundador ao Brasil: “O país tem essa coisa de acolher com qualidade, eu acho que essa característica está nos Santuários e também nas pessoas, de ser Tabor”, diz Joaquín Puertas. É unanimidade entre eles: “Nos sentimos bem acolhidos”.

Nesta sexta-feira os noviços seguem para Aparecida/SP, para conhecer o Santuário Nacional e colocar sua vocação sob o olhar da Padroeira do Brasil.

  • Dna Cida

    Que o SENHOR vos abençoe e NOSSA SENHORA vos guarde!!!

  • Dna Cida

    Que seus *filhos prediletos* sejam abençoados per DEUS e que NOSSA SENHORA os guarde!!!

  • Neyde Oliveira

    Que Nossa Senhora os cubra com seu manto protetor, abençoando protegendo.