Missões Familiares: Anunciando a Misericórdia do Pai

13 de fevereiro de 2016

Com a Mãe Peregrina, levando Jesus.

missoes familiaresGrazielle Coutinho – Em pleno Ano Santo da Misericórdia o Grupo Missionário Magnificat, de Curitiba/PR, leva 110 missionários até a cidade de Balsa Nova/PR para as Missões Familiares 2016. São representantes dos ramos do Movimento Apostólico de Schoenstatt e também peregrinos, que abrem mão das folias de Carnaval para ir ao encontro do próximo e levar a misericórdia de Deus às famílias da cidade. São quatro dias de muita alegria, devoção, partilha, renúncia e oração. Com o apoio do Pe. Antonio Polanczyk, do Frei Pedro Silva (Frei Pedrinho) e de toda a comunidade de Balsa Nova, é possível realizar visitas a aproximadamente 400 famílias.

Do grupo, a missionária mais nova é a pequena Helena Orsi Lot, com apenas nove meses, e o missionário mais experiente, o Sr. Edilson Novais Galotti, tem 83 anos. A diversidade de idades, experiência e culturas permite uma forte integração e união do grupo.

Alinhado com as orientações do Papa Francisco, o tema dessas missões é “Família em Missão: Anuncia a Misericórdia do Pai”, e tem como objetivo principal levar a misericórdia de Deus a abençoada comunidade de Balsa Nova. Durante as missões são realizadas visitas às famílias, encontros produtivos e gratificantes a uma comunidade aberta e receptiva que se dispõe a levar de carro alguns missionários até os lugares mais distantes. Durante as tardes são realizadas atividades de evangelização com crianças, jovens e adultos em três comunidades distintas: Bugre, Santo Antônio e na Paróquia central.

Carnaval em tom de santidade

avo

Missões para todas as idades

Na segunda-feira à noite, dia 8, a cidade é brindada com uma Folia Missionária, contando com a participação da comunidade de Balsa Nova. É um momento bonito de descontração e alegria, se encerrando com uma linda adoração ao Santíssimo Sacramento, conduzida por Pe. Antonio e por um jovem de Schoenstatt.

Na terça-feira de Carnaval uma Santa Missa campal com a presença de aproximadamente 500 pessoas conclui com alegria o trabalho missionário realizado na cidade. Durante a celebração há uma homenagem de despedida para o Pe. Antônio Polanczyk, que encerra sua missão na cidade após quatro anos de muita dedicação.

As impressões eu ficam

Para Robson Popoatzki, sua primeira missão foi uma experiência incrível. Ele não imaginava que as missões poderiam proporcionar um crescimento pessoal tão intenso por meio da rotina de orações e visita às famílias. “Ser recebido tão carinhosamente por pessoas desconhecidas, ver realidades diferentes, pessoas diferentes, mas que estão profundamente ligadas pelo verdadeiro amor a Cristo é indescritível. Pude fazer parte de uma comunidade maravilhosa e fazer novos amigos que vou levar para a vida toda”. Robson é da cidade de Porto Amazonas/PR, que nos dois anos anteriores, 2014 e 2015, recebeu as Missões Familiares.
Segundo Caroline Vieira, esse foi um carnaval inesquecível: “Nesses dias de missão, pude falar de Deus para as pessoas e pude ser missionada a cada dia. Lá tive a certeza de que, independente das minhas faltas e erros, Jesus me ama imensamente e que sou preciosa para Ele, só basta eu me deixar moldar a cada dia. Aprendi que minha fé deve ser trabalhada e aquecida a cada instante independente das circunstâncias, pois Jesus está sempre ao meu lado”.

“Quantas coisas Deus poderia fazer conosco, se tivéssemos a singeleza de simplesmente dizermos ‘sim’ como uma criança” (Pe. José Kentenich)

Sair em missão, anunciando a misericórdia do Pai em pleno século XXI, é um desafio de transformação intenso que o Grupo Missionário Magnificat enfrenta com grande êxito, transmitindo a certeza de que cada um pode colaborar com a obra de Deus. As palavras de Caroline concluem: “Quero poder ser usada por Jesus a cada dia, quero voltar a minha essência todos os dias de minha vida… sou nada, pois tudo que tenho é dele, sou nada; és tudo em mim”.

Mais informações na página do Facebook: grupomissionariomagnificat

Veja as fotos: