Missionários em saída na Diocese de Bom Jesus da Lapa

27 de julho de 2016

É tempo de missão na Bahia.

missionariosIr. Marialice Rodrigues – O dia 10 de julho de 2016 foi muito importante para a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt da Diocese de Bom Jesus da Lapa/BA, especialmente para a cidade de Correntina/BA, que neste ano preparou toda a estrutura para receber as outras paroquias da Diocese.

Paralelo à Jornada Diocesana da Campanha da Mãe Peregrina, aconteceu um encontro da ‘Missão Jovem de Schoenstatt’, onde jovens que evangelizam com a imagem da Mãe Peregrina puderam avaliar sua caminhada e fortificar-se na espiritualidade do Movimento Apostólico de Schoenstatt. Em alguns momentos, os jovens colaboraram com a Jornada Diocesana, com cantos, encenações e seu testemunho missionário.

Em Família

Foi um dia de trabalho intenso. No domingo pela manhã, o grupo da Missão Jovem Mãe Rainha recebia cada caravana com um canto especial e um café de acolhida. A parte formativa e espiritual iniciou com a Santa Missa, cujos cantos foram assumidos por dois grupos de música.

Os temas da Jornada foram distribuídos pela coordenação diocesana, que fez uma reflexão sobre o perfil do Pe. José Kentenich como Pai e profeta. Ir. Marialice Rodrigues, assessora da CMPS em diversas Dioceses da Bahia, falou sobre a importância do Fundador, Pe. Kentenich, como canal da graça de Deus para todos os que pertencem ao Movimento de Schoenstatt.

No decorrer do dia, os jovens deram seu testemunho sobre a atividade missionária nas comunidades da paróquia: jovem que evangeliza de porta em porta levando num braço a Mãe Peregrina e no outro a Bíblia, Palavra de Deus. Esses testemunhos motivaram as coordenações paroquiais a saírem da ‘pastoral de conservação’ para partirem em missão. “Somos um Movimento Apostólico desde 1914: Schoenstatt em saída!”

Inspirando-se nos ‘heróis’

A juventude ofereceu aos coordenadores um momento de espiritualidade feito com encenações sobre alguns heróis de Schoenstatt – sobre pessoas que foram importantes na história do Movimento. Primeiro apresentaram a figura do Pai e Fundador, Pe. Kentenich, a quem Deus deu a missão e confiou a imagem da MTA para levá-la ao mundo. Também falaram sobre Ir. M. Emílie Engel e o Diác. João Luiz Pozzobon. Outra jovem fez uma reflexão sobre o título de Nossa Senhora venerada como Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

Tanto coordenadores como jovens diziam gostar da integração entre eles durante a Jornada Diocesana. “E é muito bonito ver a força da juventude no apostolado com a Mãe e Rainha nessa cidade, em evangelizar de porta em porta, levando a imagem da Mãe Peregrina novamente para dentro das famílias. Orgulho-me em ser uma jovem da Mãe e Rainha, sei que minha juventude está em boas mãos, está na mão daquela que educou Jesus”, diz uma jovem.

Outra integrante da Missão Jovem de Schoenstatt afirma: “Vale apena estar inserida no Apostolado da Mãe e Rainha! A gente só tem a ganhar. São tantas bênçãos que recebemos e é o que nos motiva a estar na caminhada”.

Fonte: tabormta.org (versão resumida, acesse para ler a íntegra)