Instituído Dia da Aliança em Valparaíso de Goiás

20 de outubro de 2015

Gratidão à Mãe Três Vezes Admirável.

valapraiso de goiasKaren Bueno – “A Câmara Municipal de Valparaíso de Goiás/GO, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, faz saber que aprova e a prefeita municipal sanciona a seguinte lei:

Art 1º Fica incluído no Calendário Oficial do Município de Valparaíso de Goiás o Dia de Nossa Senhora de Schoenstatt, comemorado anualmente no dia 18 de outubro”.

A Lei nº 1.072 foi sancionada no mês de agosto pela prefeita Lucimar Conceição do Nascimento, em reconhecimento e gratidão por tudo que a Mãe de Deus realiza na cidade por meio da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt.

Ao todo, 62 imagens visitam as famílias, enfermos, crianças e jovens em Valparaíso de Goiás/GO, uma cidade que carrega profunda devoção à Mãe e Rainha de Schoenstatt. “Essa lei é um grande presente e uma grande responsabilidade para as famílias que recebem a Mãe Peregrina, para a Paróquia São Francisco de Assis, na qual a Mãe é sempre honrada, para a cidade e para a Casa de Leis – principalmente porque para esta última, conforme depoimentos de alguns vereadores, é preciso renovação; eles entendem que as mudanças de comportamento e relacionamento na Casa, a partir da visita da Mãe, são necessárias e bem-vindas”, diz Janina de Arêda, coordenadora da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt no município.

Também no começo deste ano – não foi possível em 2014 por conta da agenda de trabalhos – o Movimento Apostólico de Schoenstatt foi homenageado na Câmara de Vereadores de Valparaíso de Goiás pelo centenário da Aliança de Amor. “Essa homenagem foi simples, linda e emocionante, assim, a Mãe foi honrada pelo poder publico de nossa cidade. A Casa a recebeu e homenageou com devoção e belos depoimentos da sua visita e presença materna em seus lares. A Mãe quis também transformar o ambiente onde é decidido o destino de nosso município”, recorda a coordenadora.

Essa lei significa o reconhecimento do atuar da Mãe, que realiza grandes obras por meio de seus instrumentos, como afirma Janina: “Além da grande alegria nos corações dos schoenstattianos da cidade, diria que o poder público quer deixar-se conduzir pela presença da Mãe em suas decisões. Quis a Providência que essa lei municipal fosse para nós um presente para o novo século de Schoenstatt, uma alegria que foi possível comemorar na festa dos 101 anos da Aliança”.