Impressões do Cenáculo…

24 de maio de 2015

O que foi para mim o Congresso de Pentecostes

DSC01764

Ir. M. Nilza P. da Silva – No último dia do Congresso de Pentecostes, o microfone continua posse de cada um que quer se comunicar com toda a Família. Desta vez, a motivação é: Quais são as impressões que levo? Então, os irmãos abrem o coração e compartilham onde perceberam o atuar de Deus. Cada um dizia o nome do país que representava. Um bonito sinal de que está neste Cenáculo como enviado!

Burundi: Foi uma grande experiência de democracia!

Chile: Gratidão pela participação ativa dos especialistas e de todos os presentes. Estamos felizes também que haverá outros Congressos de Pentecostes! Somos uma Família orante e agradecemos a todos os que ofereceram seus sacrifícios para o Capital de Graças por este Congresso.

EUA: Estamos felizes pelo diálogo que houve e por vivenciar a unidade nos mesmos pontos. O anseio de todos nós aqui, neste Congresso, é que sejamos uma Família unida. Que a Mãe nos dê a graça de sempre viver isso: Uma Família unida e em saída. Aqui estamos em casa e somos realmente uma Família. Partimos daqui com uma missão!

Alemanha: Vivemos uma experiência extraordinária de retorno. Nós da Alemanha somos gratos por isso e também pela juventude que quer levar Schoenstatt adiante.

Espanha: Somos uma Família internacional e com todos os estados de vida!

México: Somos realmente internacionais, somos Família e somos missionários!

Hungria: Este foi um Congresso voltado para o futuro e atualizado.

Jovens: Nós estamos felizes porque somos idealistas e Schoenstatt também é. Vamos felizes, porque vamos em saída, mas, como Família Internacional. Vamos com uma missão! Esperamos que nos vejamos de novo, que nos ajudem e nos apoiem!

Agradecemos que a Família de Schoenstatt no Brasil acompanhou esse evento com orações e sacrifícios! Somos gratos que a Mãe de Deus escolheu-nos para servir a Família Internacional neste Congresso tão decisivo: Pe. Antonio Bracht, Ir. M. Isabel Machado e Ir. M. Cacilda Becker, na Equipe de Coordenação Geral e Ir. M. Nilza P. da Silva ajudou na comunicação e apresentou um tema, no painel sobre os desafios atuais. Mas, a maior contribuição foi a grande experiência de unidade e missionariedade, que vivemos, como Família de Schoenstatt brasileira. Muitas vezes, achamos tão natural isso. Mas, isso também contribuiu muito neste congresso. Ficamos felizes que pudemos testemunhar o que vivemos!

Pe. Ludwig Guthlein, coordenador geral, disse em suas palavras de agradecimento que nunca havia trabalhado com brasileiros, mas que agora pode experimentar como os brasileiros tem um coração muito grande. Portanto, Contigo Pai, Família em Aliança, santidade e missão!