II Encontro Universitário com Maria

29 de setembro de 2015

“Atrairei a mim os corações juvenis”.

peregrina-universitariaMárcia Nepomuceno/Ir. M. Márcia Carmo da Silva – O dia 19 de setembro é o escolhido para a juventude universitária se encontrar pela segunda vez a sombra do Santuário Tabor da Permanente Presença do Pai, em Atibaia/SP, e consagrar à Maria seus estudos e trabalhos. Ao todo, participam 33 jovens de distintas instituições de ensino superior. A maioria desses universitários já havia participado do primeiro encontro, realizado no ano anterior, o que gerou como fruto a consagração de 15 deles, que selaram a Aliança de Amor nesse sábado especial.

Em 2015 o convite para visitar o Santuário foi estendido a outras pessoas por meio de redes sociais ou de conversas informais pelos corredores das Universidades. Além dos universitários, participam também alguns jovens crismandos e a programação é acompanhada por Pe. José Alen, que trabalhou com a juventude universitária por algum tempo e, por isso, muito próximo dos participantes.

A programação inicia ás 9h30min com a procissão que conduz ao Santuário, lugar onde cada jovem é convidado a contemplar a imagem de Maria e confiar a ela seus estudos, seus projetos, e de forma especial rezar por seus familiares, que para muitos estão bem longe, em outros estados e países, como é o caso de Geraldine Nanci Rodrigues Pereira, do Peru, que diz: “Como estou longe de minha família, no Santuário experimentei a Mãe bem perto de mim”.

Na parte da manhã, Pe. Alen leva todos a refletirem sobre o amor a Maria. “O amanhã terá a tua fisionomia”: com essas palavras de Raoul Follereau, inicia o momento de reflexão, onde aponta para a importância das escolhas e atitudes de hoje na construção do amanhã. Ele pede aos jovens “deem uma resposta ao mundo que esta precisando, qualquer campo onde você estiver é campo de evangelização, nós evangelizamos com as atitudes”.

Neste sentido afirma “devemos viver aqui na terra como no céu, assim como rezamos no Pai nosso, somos chamados a ser a civilização do amor, a viver a cultura do amor”. Desse modo aponta o Ano Extraordinário da Misericórdia como um caminho para uma mudança radical onde é necessário “viver o amor sem esperar recompensa, sem esperar vantagens”.

Novos congregados

Na parte da tarde é celebrado o momento profundo da consagração dos dois partidários da Aliança de Amor: a Mãe e os jovens. No Santuário, “o céu toca a terra” e os corações se unem em Aliança. Entre os consagrantes estava também o professor Plínio Almeida Barbosa, do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, e sua esposa, Rose de Fatima Barbosa, representando diante da MTA todos os docentes universitários. Após a oração de consagração, os novos congregados assinam o Livro da Aliança, como se inscrevessem o nome no próprio coração da Mãe. Em seguida cada um recebe a medalha de consagração, como símbolo concreto do profundo amor a Mãe de Deus.

Murilo Guimarães Borges, de Barretos/SP, e Ticiana Aparecida Alves de Mira, de Torrinha/SP, se alegram: “É uma graça muito grande vir ao Santuário para realizar nossa Aliança de Amor como casal, é selar junto com Maria nosso desejo de constituirmos uma família, e já no processo de gestação desta família Maria está presente, junto conosco, com a Aliança”. A jovem peruana, Geraldine, afirma que a Aliança de Amor é um chamado da Mãe, e assim explica: “Ela cuidou passo a passo até eu chegar aqui. Ano passado eu conheci o Santuário e foi algo muito grande que preencheu meu coração ter mais perto a Mãe e agora com a Aliança definitivamente eu sei que eu selei a promessa e que agora o meu coração é dela e o coração dela é meu”.

Ainda no Santuário os jovens Francisco Aulísio dos Santos Paiva, de Fortaleza/CE, e Ariane Francine D. da Silveira, de Piracicaba/SP, recebem uma bênção especial que marca o início de seu noivado. Os dois se conheceram no ano passado no I Encontro Universitário com Maria e começaram a namorar; o jovem surpreendeu a moça dentro do Santuário com o pedido de casamento diante dos pais dela. Os noivos afirmam: “Pudemos ficar mais próximos de Deus, colocar um rumo diferente para nossas vidas e selar essa Aliança com Nossa Senhora foi uma grande graça, ter como gesto concreto a Aliança com Maria. Que ela nos aproxime, nos ensine a santidade no dia a dia”.

É o sonho de Deus

A Santa Missa, presidida por Pe. José Alen, é o ápice desse dia. Jovens de duas universidades se unem e alegram o momento litúrgico com cantos. Na homilia o sacerdote incentiva todos a estarem atentos ao que Deus tem a dizer em cada liturgia: “Toda vez que ouvimos a Palavra de Deus, somos como um terreno que está recebendo boas sementes”. E continua “No coração de todo mundo está o sonho de ser feliz. Você quer uma receita para ser feliz de verdade sem ilusão? Deixe a Palavra de Deus entrar no coração, produzir fruto, isso vai fazer uma grande diferença e a gente vai construir uma nova humanidade, parece um sonho grande demais, mas é o sonho de Deus e é para isso que estamos aqui. Vamos pedir a Deus essa graça”.

Após esse dia repleto de momentos marcantes, os alunos e funcionários das universidades retornam gratos pelas vivências e confiantes de poderem se encontrar novamente com a MTA no Santuário, talvez na terceira edição dessa romaria que conquista sempre mais corações.

Mais fotos

Com informações de santuariodeatibaia.org.br