Gratidão em Três Pontas: É aniversário da Campanha

29 de abril de 2016

Missa em ação de graças pelos 34 anos da primeira imagem.

tres pontas campanhaAdilson e Rosilene Pedro – No dia 26 de abril, às 18h30min, com a participação dos missionários e famílias, a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt celebra seus 34 anos de atividades na cidade de Três Pontas/MG. Transbordando o amor a Cristo e a gratidão à Mãe Três Vezes Admirável, a comunidade festeja esse dia reconhecendo as graças que jorram do Santuário a tantos lares de famílias trespontanas.

A Santa Missa em ação de graças é celebrada na igreja Sagrada Face, no bairro Botafogo. Preside a Eucaristia o Pe. André Luiz da Cruz, vigário da Paróquia Nossa Senhora d’Ajuda. Na procissão de entrada, a Imagem Ocasional da cidade é levada solenemente, por seus missionários, à frente da igreja – essa imagem visita as repartições públicas, municipais e federais, tais como prefeitura e seus órgãos, escolas, hospital, presídio, etc…

No ofertório, o casal que introduziu a Campanha na cidade, Margarida e Afonso Rezende, levam o pão e o vinho. Eles são os primeiros missionários da CMPS na cidade e na Diocese de Campanha/MG, desde 26 de abril de 1982. Em seguida entram também outros missionários que ofertam, junto com o pão e o vinho, alimentos que serão destinos às famílias carentes.

Na homilia, Pe. André ressalta a importância da fé viva no Senhor Jesus Cristo, o sentido único da existência. Ele diz que, seguindo o exemplo de São Paulo, que percorreu longas distâncias para pregar o evangelho, também hoje cada um é convidado a anunciar, motivados a não desistir jamais diante das dificuldades que aparecem no dia a dia.

Sobre o evangelho de João (14, 27-31a), Pe. André diz que a mensagem é clara: não se apegar às coisas do mundo. Ao contrário disso, é preciso se apegar a Deus e ao seu Filho Jesus Cristo, o Salvador que é dono do mundo, pois só assim se alcança a salvação, tendo em vista que Jesus venceu a morte e trouxe a vida nova.

No final da Santa Missa, a comunidade faz uma homenagem à Mãe e Rainha, com a oferta de flores, expressando todo seu carinho. Finalizando esse momento, os coordenadores da CMPS na cidade, Adilson e Rosilene Pedro, fazem um agradecimento a todos os presentes e manifestam sua alegria em ver os frutos que são colhidos ao longo desses anos.

Atualmente, com 34 anos de história, as imagens visitam as famílias, os enfermos, comércios, jovens, adolescentes, o Terço dos Homens Mãe Rainha, além dos ramos – Liga das Mães e Liga de Famílias – e da participação na Comunidade de Oração Mariana Eucarística de Schoenstatt.

A Missa é um ato de louvor e gratidão no Ano Santo, como reconhecimento do amor da Mãe. E os missionários querem viver mais intensamente este Jubileu Extraordinário, por isso, assumem mensalmente o propósito de arrecadação de alimentos junto às suas 30 famílias, formando cestas básicas para os necessitados.