Garanhuns/PE: Uma multidão a caminho do Santuário

19 de novembro de 2015

11ª Romaria Diocesana ao Santuário da Mãe e Rainha.

garanhunsIr. M. Eliane Cunha/Karen Bueno – O sol mal desponta em Garanhuns/PE no dia 15 de novembro e já encontra uma multidão peregrinando pela madrugada. Desde as 4h30min, diversas pessoas provenientes das cinco paróquias da cidade caminham pelas ruas, rezando e cantando, rumo ao Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Ao mesmo tempo outra procissão parte do município vizinho de São João/PE, levando consigo a Mãe Peregrina Auxiliar que nesse dia será coroada como Rainha das Famílias e Rainha da Diocese de Garanhuns. Também partem carros, ônibus e vans com peregrinos de outros municípios que compõe a Diocese.

Um mar de gente toma conta das ruas da cidade nas primeiras horas da manhã. Cerca de 15.000 pessoas participam da 11ª Romaria Diocesana ao Santuário da Mãe e Rainha. O Bispo de Garanhuns, Dom Paulo Jackson, e vários padres também caminham junto ao povo. No trio elétrico, Pe. José Émerson Alves da Silva e Pe. José Bento de França animam e evangelizam a multidão durante todo o percurso, que tem início na Paróquia São Sebastião, bairro Boa Vista, e vai recebendo sempre mais pessoas ao passar por outros pontos da cidade.

multidao

No Santuário as equipes também começam a trabalhar cedo para receber todos os romeiros. Em torno das 7h30min começam a chegar pequenos grupos e perto das 8 horas chega a caminhada que percorreu a cidade. Com a vinda do Bispo Diocesano e dos padres do Vicariato Centro inicia a primeira Santa Missa do dia – no decorrer desse domingo acontecem mais duas Celebrações Eucarísticas, divididas por vicariatos, todas presididas pelo Bispo.

Santuários vivos

Nas homilias Dom Paulo fala sempre de novo em tornar a vida tão bela quanto o Santuário: “Schoenstatt quer dizer: ‘belo lugar’. Que nossa casa possa ser um belo lugar, que nossas paróquias possam ser um belo lugar, que nossa Diocese possa ser um belo lugar”. Entre outros, ele ressalta também que todos “subimos ao ‘Monte Tabor’ para nos abastecer, mas que temos que voltar à ‘planície’ para dar nosso testemunho neste mundo tão necessitado”, fazendo referência ao local em que o Santuário foi construído, no alto de um monte.

Com essa Romaria comemoram-se também os 30 anos da chegada da primeira imagem Peregrina na Diocese. Como expressão de gratidão pelas inúmeras graças recebidas no decorrer desses anos, ao final de cada Santa Missa é repetido o gesto de coroação da Peregrina Auxiliar, assim todos os filhos e filhas que amam a querida Mãe e Rainha podem lhe entregar a coroa. Dom Paulo conduz sempre esse momento com muita unção e, em nome de todos, coroa a Mãe de Deus. Ele mesmo brada: Viva a Mãe Rainha! Viva Jesus Cristo! E convida todos a cantarem a pequena Consagração.

bispo coroa

Para essa ocasião foi conquistada uma coroa confeccionada especialmente para a Mãe Peregrina Auxiliar de Garanhuns (clique para ver). A maior alegria para os missionários da Campanha, bem como para as famílias que recebem a Mãe, é trazer o símbolo de sua conquista espiritual, marcada com muita criatividade em coroas de papel distribuídas desde o início do ano. A programação tem ainda a oração do Terço, duas palestras e a bênção do Santíssimo e durante todo o dia os peregrinos podem se confessar.

Na última Santa Missa do dia é feita uma homenagem à duas senhoras pioneiras da Campanha da Mãe Peregrina na Diocese. Com grande alegria os grupos retornam aos lares gratos por esse domingo tão marcante para a Diocese de Garanhuns e para o Santuário Tabor da Santidade de todos os dias, como missionário que aspiram ser santos em seu cotidiano, formando uma nova ordem social baseada na cultura da Aliança.

Com informações de: tabormta.org e diocesegaranhuns.org