“Eu acredito na juventude”

8 de setembro de 2015

Jufem Nacional: Enviadas em missão!

capa

Ir. M. Nilza P. da Silva – No dia da Pátria, 7 de setembro, as mais de 500 participantes do Encontro Nacional da Juventude Feminina de Schoenstatt encerram o seu grande Encontro e partem, enviadas em missão para as 44 cidades do Brasil.

Metas de missão bem definidas

Na manhã, são apresentadas as conclusões do Encontro, as propostas de atuação em nível nacional. Entre outras: estar presente e atuante na comunidade paroquial, oferecer formação para a juventude, expandir as missões Jufem e motivar a participação  em outras missões jovens, levar o carisma de Schoenstatt para dentro das paróquias, empenhar-se pela Mãe Peregrina nas Universidades, ser Tabor também para o mundo digital, cultivo da vida interior e apostolado na própria família, enfim, em unidade com a Família Internacional de Schoenstatt e as propostas do memorando, ser Jufem em saída!

Coragem de responder aos desafios de nosso país

O envio missionário acontece na Catedral, às 10h30min, na santa missa presidida pelo arcebispo emérito, Dom Albano Cavallin, acompanhado pelo Pe. Ivan Simicic, Pe. .Carlos Shimura e o Diác. Laercio da Silva Neto. Com muita pedagogia, o arcebispo dialoga com as jovens e as motiva para continuar a confiar que há um futuro melhor para o Brasil, este deve começar nas pequenas coisas que cada uma faz. Em sua homilia, reflete sobre as perguntas que o Papa Francisco fez aos jovens, durante a JMJ 2013, e enfatiza: “Tenham coragem de ir contra a corrente. Sejam corajosas e teimosas para responder aos desafios de nosso país!” Ele cita vários desafios como, corrupção política, desde o Planalto de Brasília, até as famílias, o  aborto, ideologia de gênero e outros.

capa1“Eu acredito no jovem que tem a Mãe de Deus como Educadora para a sua pureza, que sabe nadar contra a corrente e saber servir como missionária… Querem reformar a Igreja? (Sim, respondem as jovens) Então devemos começar por mim e  por vocês! Esse Encontro Nacional as envie como pequena Maria que diz sim em todas as ocasiões, sobretudo à vocação para a santidade…” continua o bispo. A juventude responde com muito entusiasmo e Dom Albano abre o coração: “Que pena que o Papa Francisco não está vendo isso que eu vejo! Uma catedral  repleta de jovens felizes com a Igreja!” O arcebispo revela que acredita no Pe. Kentenich e na força do carisma de Schoenstatt para a renovação do mundo. Por fim, conclui entusiasmando as jovens para a missão!

Terminada a celebração, as jovens descem em romaria ao Santuário e renovam a Aliança de Amor! Então, partem novamente em missão: Lírio do Pai, Tabor para o mundo!

Mais fotos

Veja o vídeo, encerramento, na Catedral:

  • Jose Fancisco Sobrinho

    QUE BENÇÃO DE DEUS.