Estado de Santa Catarina terá seu primeiro Santuário

1 de julho de 2015

Conquista do terreno é um grande passo para a concretização desse projeto.

santuario-santa-catarina

O terreno conta com uma ampla casa que atenderá o Movimento no futuro.

Cely Ceolin/Karen Bueno – A Família de Schoenstatt de Santa Catarina anuncia com grande alegria que já conquistou o terreno para a construção do primeiro Santuário da Mãe e Rainha nesse estado. Ele fica no município de Biguaçu/SC, bairro de Tijuquinhas, próximo à capital Florianópolis.

Na tarde deste domingo, 28 de junho, um grupo de representantes do Movimento reuniu-se no terreno para “oficializar” a conquista. Participam da singela cerimônia a Ir. M. Therezinha Gobbo, Ir. M. Cleonice Kist, Ir. Miriam Fuck e Ir. M. Cassiana Jänisch, também o Sr. Antônio Luis Füchter, benfeitor do terreno, e o Pe. Pedro Köhler, assistente eclesiástico da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt (CMPS) em Florianópolis/SC. Membros da Família de Schoenstatt da capital catarinense, mais quatro coordenadores da CMPS de Joinville/SC e representantes das cidades de Canoinhas/RS e Santa Maria/RS também viajaram para acompanhar essa solenidade histórica.

A abertura do evento acontece ao som do Hino da Mãe Peregrina. Em seguida a Sra. Circe Delduque Jaeger, presidente do Conselho Diocesano da Família de Schoenstatt junto com seu esposo Adão Leopoldo Jaeger, dá as boas vindas e agradece a presença de todos, tecendo algumas considerações sobre as pessoas que estão à frente da luta e conquista do tão sonhado terreno.

É um momento de grande alegria. Só se ouvem palavras de gratidão ao Deus Trino e à Mãe e Rainha por esse imenso presente e a grande generosidade do doador.

Ir. M. Cleonice Kist, ecônoma da Província Tabor das Irmãs de Maria, agradece a todos os que colaboraram direta e indiretamente na conquista do terreno, especialmente ao Sr. Antonio e ao Pe. Pedro, bem como a todos que colaboraram com as orações e contribuições ao Capital de Graças. Ir. M. Cleonice recorda ainda a corresponsabilidade de todos por essa obra e comenta que a inauguração propriamente dita do terreno será no mês de agosto de 2015.

santuario-sc

O Sr. Antonio Füchter conta de seu grande sonho, trazido desde a juventude, de deixar algo para ajudar aos outros. Quando Dom Vitus Roetger, Bispo Emérito de Florianópolis, lhe pediu para ajudar o Movimento Apostólico de Schoenstatt, ele percebeu que essa Obra abrangia todo o bem que queria deixar para a prosperidade e que jamais se acabaria. O local adquirido para a construção do Santuário conta com uma ampla casa, que servirá para atender o Movimento no futuro.

Pe. Pedro Köhler presidiu a bênção do terreno, da casa e de tudo que faz parte do mesmo, e a cerimônia foi encerrada com o Hino do Centenário da Aliança, quando todos dão-se as mãos num sinal de que querem lutar juntos pela conquista de mais este Santuário Tabor.

Ir. M. Lubia Bonfante, assessora do Movimento no regional Sul, diz que não há uma previsão para o lançamento da pedra fundamental do Santuário ou sua inauguração: “A graça foi tão grande e tão inesperada, que só podemos agradecer. As equipes estão agora se agilizando para ver como dar continuidade. O Santuário não será tão logo”. Contudo, ela ressalta que todos podem colaborar com essa conquista oferecendo suas contribuições ao Capital de Graças.

O novo Centro de Schoenstatt é um presente para todo o Movimento no Brasil, uma conquista que necessita da participação de todos, mesmo que distantes. É hora de oferecer muitas contribuições ao Capital de Graças para alcançar um trono especial à MTA, que deseja habitar também nesse estado – Ela conta conosco!!!

Fonte: tabormta.org

  • padre francisco josé

    Louvado seja Deus por esta conquista. Que a Mãe transforme Santa Catarina em seu Tabor de Glórias e a muitos socorro nossos irmãos e irmãs catarinenses.