Em saída: Janeiro é mês de missões para o Jumas

8 de janeiro de 2016

Geração missionária, tudo pela Rainha!

jumasKaren Bueno – Começa hoje, dia 8, a Missão Cristo Tabor 2016, da Juventude Masculina de Schoenstatt. Durante o mês de janeiro três cidades brasileiras receberão dezenas de jovens que partem levando as graças da Mãe e Rainha e incendiando corações com o amor de Cristo.

Inspirados pelo lema “Geração missionária, tudo pela Rainha!”, o Jumas celebra em 2016 seus 60 anos de fundação no Brasil e quer contagiar a todos com a alegria que os inunda e os coloca em saída. É a quinta vez que o ramo realiza missões em nível nacional, com datas diferentes em cada regional. Será uma semana de apostolado, entusiasmo, sacrifício e ousadia, traduzidos nas contribuições ao Capital de Graças que oferecem com alegria à querida MTA.

Em cada comunidade onde o Jumas se estabelece durante a Missão Cristo Tabor haverá Terço e Santa Missa diária, também oficinas para crianças, jovens e adultos. Os missionários seguem, divididos em duplas, pelas casas das famílias com a imagem da Mãe Peregrina e ali rezam, conversam e auxiliam em algo que seja necessário e esteja ao seu alcance.

Acompanhe um pouco de como será a vivência missionária em cada regional:

Paraná

jumas

O regional Paraná é o primeiro local onde se inicia a Missão Cristo Tabor. Neste ano o projeto será realizado, pela segunda vez, na cidade de Uraí/PR, Diocese de Cornélio Procópio/PR. A Paróquia Nossa Senhora Aparecida recebe os jovens do dia 8 a 16 de janeiro. São 88 missionários inscritos que se dividem em três comunidades espalhadas pelo município com o intuito de alcançar todas as casas, sempre levando a Mãe Peregrina.

As atividades, oficinas e Missas serão realizadas na Paróquia central, na Capela Nossa Senhora de Fátima e no Colégio Paulo Mozart. Na quinta-feira, dia 14, será celebrada com toda comunidade a Noite Jovem, um momento de oração, canto e muita animação com todos os missionários.

“Esperamos levar o amor da Mãe de Deus para a população de Uraí, compartilhando experiências e, acima de tudo, seguindo os passos de Jesus, anunciando o Evangelho e o amor ao reino de Deus”, diz Luís Fernando Funari Gomes.

Sul

jumas

Em Coronel Bicaco, Diocese de Frederico Wesphalen/RS, 33 missionários visitam a Paróquia Santo Antônio de Pádua do dia 15 a 23 de janeiro. A concentração será sempre na Paróquia central, sem divisão de comunidade. “Queremos visitar o máximo possível de casas na cidade e realizar nosso real objetivo que é levar Nossa Senhora às famílias”, diz Daniel de Souza Viana.

Pe. Jocemar Fontana, pároco local, diz que a comunidade está alegre e esperançosa com a visita dos missionários: “Espero que as missões sejam um momento especial de fé, de renovação das pessoas e que esse trabalho venha somar na caminhada espiritual da Paróquia, das pessoas que serão visitadas. Acolhemos com alegria e esperança essa visita, vendo como um sinal positivo, principalmente por serem jovens que farão seu trabalho com bastante fé e amor”.

Sudeste

As missões no regional Sudeste serão na cidade de Ibiúna/SP, Diocese de Osasco/SP, do dia 16 ao dia 24 de janeiro. A Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus e São Roque recebe os 50 missionários, aproximadamente, que levam a alegria do Evangelho e o calor de Maria aos lares.

Esta será a segunda edição da Missão Cristo Tabor na cidade e os jovens se dividirão em duas comunidades, uma no bairro Ressaca, junto à Paróquia, e outra no bairro Paruru, na Capela São João Batista.

jumas-3

Nesta cidade, que cultiva grande devoção à MTA, acontece tradicionalmente no mês de janeiro uma peregrinação da Mãe e Rainha que vai do bairro Campo Verde até o bairro Paruru. Em 2016 a peregrinação acontecerá no dia 17 com a participação dos missionários.
“É o segundo ano que vamos para lá, então esperamos bastante entusiasmo, alegria e que realmente a semente que plantamos no ano passado, e continuaremos regando neste ano, possa dar vários frutos. Tivemos experiências e partilhas muito bonitas nas casas, esperamos poder voltar para ajudar essas pessoas a continuarem caminhando na fé”, deseja Nikolas de Oliveira Garcia.

O pároco, Pe. Daniel Cardoso Rodrigues é grato pelo trabalho realizado no ano passado: “Das missões ficaram a coragem e a determinação, por meio do testemunho dos jovens, de levar Nossa Senhora. Também aumentou o amor pela Igreja a dedicação da juventude e das famílias na catequese e na missão evangelizadora”. Ele se alegra em poder receber o Jumas novamente: “Espero um reavivamento cada vez maior das famílias. Fortalecer também a juventude em nossa paróquia e a confiança de intensificar a comunhão entre as comunidades. Sem dúvida as missões fortalecerão nossa paróquia, gerando uma rede de comunidades, família de famílias”.