Em 2016: Congresso Latino-Americano da Campanha

11 de dezembro de 2015

Todos os povos unidos pela Mãe.

congresso campanhaKaren Bueno – O Santuário Tabor, em Santa Maria/RS, o local escolhido por Deus para iniciar um grande apostolado do Movimento Apostólico de Schoenstatt, será sede de um importante evento em 2016. Coordenações nacionais e internacionais da Campanha da Mãe Peregrina se reunirão de 8 a 10 de setembro para o Congresso Latino-Americano da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt 2016.

O encontro será uma oportunidade de reconhecimento próprio da CMPS, troca de experiências e uma chance de mergulhar na história e nos caminhos percorridos pelo Diác. João Luiz Pozzobon com sua Mãe Peregrina Original.

Foi dada a largada

congresso paraguai

Os primeiros passos para a concretização desse encontro foram dados no começo do mês, nos dias 3 e 4 de dezembro, à sombra do Santuário de Tuparendá, no Paraguai. Nesses dias uma equipe de 13 pessoas, de quatro países – Argentina, Brasil, Chile e Paraguai – se reuniu para planejar o Congresso e o trabalho intenso já traz resultados práticos rumo ao grande encontro que reunirá as nações em um novo Pentecostes.

Ir. M. Denise Ternes, assessora da Campanha no regional Sul, conta que nessa reunião discutiram-se objetivos e temas que os países acham essencial trabalhar no Congresso, como a identidade da Campanha, o espírito apostólico – ser Schoenstatt em saída –, a divisão de tarefas e muitos outros pontos.

Também nesse primeiro encontro no Paraguai, formou-se uma comissão central que coordenará o Congresso, dinamizando os detalhes e impulsionando a preparação. São eles: Pe. Ivan Simicic e Ir. M. Denis Ternes, do Brasil, Pe. Guillermo Carmona, da Argentina, e o casal Ana Graciela Rojas e Plinio Torres, do Paraguai.

Quem participará desse encontro?

O Congresso Latino-Americano será formado por 150 pessoas e mais alguns convidados especiais. Cada delegação terá um número pré-determinado de representantes, variando de acordo com a realidade da Campanha em sua nação. Ir. M. Denise explica: “Será um encontro Latino-Americano, mas haverá convite para alguns países de fora que queiram participar, nós deixamos vagas para eles”. Cada país decidirá quem os representará no Congresso.

O número de representantes “oficiais” é limitado, porém todos podem participar, acompanhando as notícias, enviado sugestões aos secretariados da CMPS e desde já rezando pelo encontro internacional. No Brasil cerca de 16.848.600 pessoas recebem a Mãe Peregrina mensalmente, se somar com esses os outros milhares que também recebem a Mãe nos países da América Latina e de muitos outros países que acompanharão o encontro, forma-se uma multidão incontável. Com todos rezando, certamente o Congresso será um momento de muito crescimento e unidade entre a Campanha e seus colaboradores.

Anseio deste novo tempo

O desejo de realizar um encontro latino-americano da CMPS vem do Congresso de Pentecostes que aconteceu em Schoenstatt no mês de maio de 2015. “Uma das conclusões do Congresso de Pentecostes foi intensificar o Schoenstatt em saída. Conscientizamo-nos, mais e mais, que somos um Movimento Apostólico e como tal, nossa missão é, acima de tudo, para servir a Igreja e a sociedade. Com a Mãe Peregrina podemos cumprir essa missão de forma original e no serviço concreto e evangelizador. Assim, após decisões e estímulos, voltamos aos nossos países com a proposta de realizar alguns eventos internacionais e/ou Latino-Americanos.
O primeiro deles será justamente o Congresso Latino-Americano da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt”, diz Ir. M. Denise.

A troca de experiências será um dos grandes objetivos: “Em Schoenstatt a vida incendeia a vida, então se nós não fazemos esse tipo de atividade, ficamos estagnados em nossa realidade, em nosso país. Como nosso Schoenstatt é internacional, precisamos nos enriquecer mutuamente”, afirma a assessora.