Domingo de peregrinação no Tabor da Liberdade

7 de julho de 2016

Santuário recebe a visita de peregrinos de Sete Lagoas/MG.

santuarioPoliane Bôsco – No domingo, 3 de julho, o Santuário Tabor da Liberdade, em Confins/MG, recebe os peregrinos da cidade de Sete Lagoas/MG para um dia de romaria. Uma programação especial aguarda os romeiros, que chegam com dez ônibus e quatro vans. É a oportunidade de apreciar um dia todo sob o olhar da Mãe Misericordiosa, que espera ansiosa por sua visita.

O encontro é dirigido pelo casal da Liga de Famílias de Schoenstatt Rita e Julio Cesar Carvalho. Para animar o domingo, o coral “Preparai o Caminho”, da Paróquia São João Batista, de Sete Lagoas, fica responsável pelos cantos.

O encontro começa na parte da manhã com uma peregrinação até a Porta Santa da Misericórdia. Reunidos na praça central, os fiéis seguem até o Santuário cantando e refletindo sobre o Ano Santo. Durante a caminhada, param diante do quadro do Pe. José Kentenich, o Pai e Fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt. Nesse momento, todos são convidados a repetir uma frase do Pe. Kentenich, que remete ao Ano Jubilar em que vivemos: “Pai, porque sou fraco e pequeno, faze que eu me torne um perene milagre da misericórdia”.

Vida nova a partir da misericórdia

Diante do Santuário, os romeiros atravessam a Porta Santa ao som do Hino da Misericórdia. Todos podem experimentar a graça de passar pela Porta Santa e são orientados sobre as exigências para alcançar a indulgência plenária das penas dos pecados. Após esse momento, os peregrinos são conduzidos à Tenda das Celebrações, em peregrinação com a Imagem Auxiliar da Mãe e Rainha.

Na Tenda há uma vivência sobre a misericórdia do Pai, refletindo sobra a parábola do Filho Pródigo. A parte da manhã é encerrada com um momento de adoração ao Santíssimo e a bênção, celebrada pelo Frei Felipe da Cruz.

Na parte da tarde os peregrinos rezam o Terço e participam de um momento especial para a partilha de testemunhos. Alguns fiéis contam suas experiências de fé e as graças que receberam de Deus pela intercessão da Mãe e Rainha.

Dia de Aliança

O domingo também é dia de celebrar a Aliança de Amor, quando 16 pessoas de Belo Horizonte/MG e Santos Dumont/MG se consagram à Mãe de Deus por meio da Aliança. O encontro é encerrado com a Santa Missa, presidida pelo Pe. Anailton Viveiros, da Paróquia São João Batista. A liturgia fica a cargo da cidade de Sete Lagoas.

Maria de Lourdes Ferreira Almeida, coordenadora da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt em Sete Lagoas e organizadora dessa romaria, que acontece anualmente, se diz satisfeita com o encontro e garante que os peregrinos ficaram muito felizes. “Fomos muito bem recebidos, nos acolheram com muito carinho, foi um domingo muito especial, todos foram embora felizes”.