Diocese de Apucarana/PR conquista o brilho da coroa

23 de abril de 2015

Faxinal/PR recebe V Encontro Diocesano.

mae-peregrinaAdriana Bordin – Em 2015, a cidade de Faxinal/PR recebe o quarto Encontro Diocesano de coordenadores e missionário da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt (CMPS). Cerca de 130 pessoas, da Diocese de Apucarana/PR, se reúnem no dia 12 de abril, na paróquia São Sebastião, para conhecer as correntes de vida da Igreja e da Obra de Schoenstatt, renovando o ardor pela missão.

A abertura é conduzida por Pe. Adeventino Alves de Oliveira, pároco da comunidade anfitriã do encontro. Logo após o café da manhã, segue a primeira palestra do dia, conduzida por Pe. Jefferson Nogueira da Matta, que fala de “Maria – A primeira missionária”. O sacerdote recorda a todos da importância da missão dentro e fora da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt.

A dinâmica proposta na sequência é organizada por Gláucia Valéria Gomes. A temática coloca as muitas dificuldades que os missionários enfrentam no dia-a-dia no campo da missão e também mostra os caminhos a seguir, cultivando a fidelidade.

No período da tarde, após o almoço, Ir. M. Franciane Castelani, assessora da CMPS no Paraná, relembra o Centenário da Aliança de Amor, que foi comemorado no mundo todo no dia 18 de outubro de 2014 e também fala das metas da Campanha para 2015. Ela ressalta os jubileus celebrados este ano: 65 da Campanha da Mãe Peregrina, 60 anos da coroação da Peregrina Original, 15 anos de coroação de todas as Peregrinas que visitam as famílias.

A Santa Missa é o ápice do Encontro. Pe. Adeventino preside a celebração eucarística, e na homilia fala da importância da vinculação com a Mãe de Deus. Ele comenta do trabalho dos missionários, que parece pequeno, porém é essencial para ir ao encontro das famílias. O padre expressa sua gratidão pelo emprenho dos coordenadores e missionários em sua cidade e também agradece a presença da Mãe Peregrina nas outras quatro cidades da Diocese onde já trabalhou; diz que incentiva bastante a Campanha e que tem um profundo amor a Nossa Senhora: “Sem a Mãe, não é possível fazer um trabalho fecundo para Jesus, o Filho”.

Ao término das atividades, todos retornam às suas cidades abastecidos espiritualmente para, assim, pôr em prática o que foi apresentado neste quarto Encontro Diocesano da Campanha da Mãe Peregrina.