Dez anos de oração no trabalho

4 de julho de 2015

Uma empresa que se torna Tabor.

terçoKaren Bueno – Levar a cultura da Aliança ao ambiente de trabalho é um dos desafios da Família de Schoenstatt no mundo todo. Em Itu/SP, o Sr. José Antônio Padovani tem quatro lojas de material de construção, onde há grande esforço pela promoção e fortalecimento dessa cultura, inserindo na rotina profissional a oportunidade de oração.

Toda quarta-feira de manhã, antes do expediente, alguns funcionários e vizinhos se reúnem para rezar o terço na recepção de uma das lojas. Há dez anos, no dia 8 de julho de 2005, ele e alguns funcionários começaram a rezar na sala de reuniões da empresa, e ficou definido que isso se repetiria semanalmente. Na quarta-feira seguinte mais pessoas participaram, e depois mais, até que com o tempo alguém sugeriu de rezar na recepção, facilitando o acesso e convidando mais pessoas.

Nessa empresa de Itu/SP, a Mãe Peregrina percorre os lares dos funcionários, e há um Santuário Lar instituído – Tabor da Constante Transformação. Sr. José Antônio conta como isso começou: “Em um domingo, quando estávamos na Missa, houve o envio de uma imagem da Mãe e Rainha para peregrinar nas lojas do Shopping de nossa cidade. Nesse momento, minha esposa, sentiu-se tocada a termos também uma imagem peregrinando em nossa empresa, pois poderíamos encontrar trinta funcionários que quisessem receber a MTA. E assim aconteceu”.

O Sr. José Antônio e sua esposa, Maria Teresa Padovani, assumiram com o tempo a coordenação da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt, e, apesar de hoje já não estarem mais à frente, participam da Comunidade Mariana Eucarística de Oração de Schoenstatt. “Todo ano fazemos a Novena de Natal na empresa, logo pela manhã, também recitamos o terço durante a Semana Santa, meditando-o com a apresentação do filme ‘A Paixão de Cristo’, sempre à noite. Hoje somos em média 35 pessoas que se reúnem toda quarta-feira para rezar”.

Para o dono da empresa, o fato de rezarem juntos enriqueceu a rotina de trabalho. “Hoje completamos dez anos de oração ininterrupta, 523 semanas sem que tenha havido uma falha sequer. A oração trouxe, não tenho dúvidas, incontáveis benefícios aos funcionários, pois é nítido o respeito por aqueles que rezam o terço semanalmente”.

A visita da Mãe Peregrina aos comércios e empresas é uma possibilidade que vem desde o início da Campanha. O Sr. João Luis Pozzobon levava a Mãe e Rainha a todos os lugares que podia, inclusive nos locais de trabalho – ele próprio era comerciante. É a riqueza das graças do Santuário que se estende pela vida dos filhos onde quer que estejam.

Aqueles que desejam receber a Mãe e Rainha em seu comércio ou instituir um Santuário Lar na empresa podem procurar a coordenação local da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt. Para mais informações ligue: região sul e nordeste: (55) 3221-6114, região Sudeste, Centro-Oeste, Norte e estado do Paraná: (11) 4414-4245.