De bicicleta rumo às Portas Santas da Misericórdia

27 de maio de 2016

15 anos de peregrinação por amor à Mãe.

ciclistasKaren Bueno – Neste feriado de Corpus Christi, os Ciclistas de Maria, de Jacarezinho/PR, peregrinam de Santuário a Santuário em sua romaria anual que chega à 15ª edição em 2016. Eles percorrem cerca de 600 quilômetros entre o norte do Paraná e o Santuário Nacional de Aparecida/SP. Cada pedalada é dada por amor à Mãe, depositando tudo como contribuição ao Capital de Graças.

Neste Ano Santo, a romaria é marcada pelas Portas Santas da Misericórdia que encontram nos três Santuários visitados. Carina Cavazzani comenta: “É mais uma força para a peregrinação, uma bênção nesses 15 anos de romaria. É providencial ir de Porta Santa em Porta Santa”. Sobre o trajeto, ela conclui: “Está difícil, mas vamos indo”.

O ponto de partida da peregrinação é o Santuário Tabor Fundamento de Schoenstatt no Brasil, em Jacarezinho, onde atravessam a primeira Porta Santa da Misericórdia. Eles saem na quarta-feira, 25 de maio, às 5 horas. Nesta sexta chegam ao Santuário Tabor da Permanente Presença do Pai, em Atibaia/SP, onde têm um novo encontro com a misericórdia Divina. Alcançam o destino final, em Aparecida/SP, no sábado pelo meio-dia.

Jesiel Kremer participa pelo segundo ano e leva toda a família, no carro de apoio, junto consigo. “É muito bom, muito gostoso, o Santuário é um lugar bonito, vale a pena visitar”, diz ele. Este ano são 29 pessoas que acompanham o cortejo, entre ciclistas e a equipe de apoio. Eles são das cidades de Jacarezinho, Santa Cruz do Rio Pardo/SP, Andirá/PR, Bandeirantes/PR e Santa Mariana/PR.

Com as bênçãos da Mãe e Rainha seguem viagem, pois ainda faltam muitos quilômetros de amor à Maria pela frente.