Comunidade de Oração: Eu faço parte!

13 de janeiro de 2015

Testemunho de quem reza.

oraçaoKaren Bueno – Participar da Comunidade de Oração Mariana Eucarística de Schoenstatt “é um grande presente de Deus”, segundo Gisela do Carmo Lourencetti, de Araraquara/SP. Há alguns anos no grupo, ela expressa a alegria de pertencer ao “exército de orantes”.

Além das contribuições pessoais para a Comunidade, Gisela e outros integrantes de Araraquara organizam uma adoração bimestral ao Santíssimo no Santuário – é um sinal concreto do amor a Jesus e a Maria e do comprometimento com a Comunidade.

Gisela Lourencetti compartilha sua experiência pessoal com a Comunidade de Oração Mariana Eucarística de Schoenstatt, acompanhe:

testemunho

Gisela Lourencetti se sente agraciada por participar da Comunidade de Oração.

Clique e saiba mais sobre a Comunidade de Oração

Há quanto tempo a senhora participa do círculo de adoradores?

Moro em Araraquara/SP e, graças a Deus, temos aqui um Santuário de Schoenstatt, “Tabor Morada da Alegria Vitoriosa”.

Tive contato com a Comunidade de Oração por meio de minha mãe que conheceu o Movimento de Schoenstatt muito antes da inauguração do Santuário e logo se inscreveu na Comunidade.

Sempre que ela recebia as Cartas Circulares eu também lia e comecei a gostar muito até que, em meados da década de 1990, também fiz minha inscrição. De vez em quando eu escrevia para as Irmãs Adoradoras e gostava muito quando recebia as cartas delas.

Em 2001 (ano da inauguração do nosso Santuário) perdi meu pai repentinamente e minha mãe estava com câncer. Posso afirmar: as Irmãs Adoradoras foram meus verdadeiros anjos da guarda. Escrevi muitas cartas para elas na época e, com suas orações e palavras, me ajudaram concretamente a enfrentar aquele momento difícil.

Também nessa época minha vinculação ao Santuário aumentou muito: sempre que podia e precisava corria para o Santuário para ver a Mãe e me colocar no colo de Jesus. Conheci mais de perto a espiritualidade de Schoenstatt e me encantei. Juntamente com outros membros da Comunidade de Oração aqui de Araraquara fizemos a preparação e selamos nossa Aliança de Amor no dia 22 de novembro de 2003. Posteriormente, no dia 22 de julho de 2004 institui meu Santuário-Lar: “Morada da Confiança Filial”.

Como colabora com Comunidade?

Como já disse anteriormente, após selar Aliança de Amor, me senti ainda mais vinculada à Comunidade de Oração e ao Santuário: comecei a fazer adoração todas as semanas na paróquia onde sou ministra da Eucaristia ou no Santuário. No ano de 2004, conversando com outros membros da Comunidade de Oração, resolvemos começar um trabalho e fazer Adoração juntos.

Assim, começamos a fazer encontros bimestrais nos sábados à tarde no Santuário em Araraquara, sempre convidando mais pessoas para participarem. Nos nossos encontros sempre começam com uma reflexão sobre algum tema e, posteriormente, fazemos Adoração a Jesus rezando pela paz no mundo, pelo clero, por todos aqueles que nos pedem orações, pelos doentes, especialmente pelas intenções do Papa, por todos os membros vivos e falecidos da Comunidade de Oração, etc. Para isso contamos muito com a colaboração das Irmãs Adoradoras que nos enviaram textos e material para reflexão. Durante esses anos, sempre no tempo do Advento e da Quaresma preparamos de modo especial ofertas para o Capital de Graças. Nosso grupo é pequeno, mas fiel. Nos últimos anos, atendendo a um pedido das Irmãs Adoradoras, ajudei um pouco nos encontros e retiro anual da Comunidade de Oração em Atibaia/SP.

O que isso acrescenta na sua vida pessoal e familiar?

Para mim é decisivo participar da Comunidade de Oração, principalmente pelas orações que fazemos uns pelos outros: sei que diariamente as Irmãs Adoradoras levam nossas intenções aos pés de Jesus no Santuário e que também outros membros estão rezando por minhas intenções. Assim, me sinto mais confiante para enfrentar os problemas do dia a dia. As Cartas Circulares que são enviadas pelas Irmãs Adoradoras, nos trazem formação e também reflexões muito interessantes que nos ajudam a sermos pessoas melhores.

Já indicou a Comunidade de Oração para mais pessoas?

Sim, já convidei muitas pessoas para participarem da Comunidade de Oração e, em geral, elas aceitaram.

Vale a pena participar e rezar pelas pessoas?

Ter encontrado a Comunidade de Oração é um grande presente de Deus. Sinto-me pessoalmente unida e vinculada a um grupo de pessoas que formam, de fato, uma Comunidade que tem lar no Santuário. Mesmo distante fisicamente, estamos todos unidos espiritualmente no coração de nossa Mãe. Como diz nosso Hino da Comunidade: somos um exército orante que tem a missão de sustentar com suas orações e contribuições ao Capital de Graças os trabalhos e a fecundidade do Movimento de Schoenstatt, mas também rezar pelas intenções da Igreja e do Santo Padre, o Papa Francisco.

Acredito que a oração que fazemos uns pelos outros é o que sustenta e dá força para a vida pessoal, profissional e familiar de cada membro da Comunidade de Oração. Assim faço um convite: venha fazer parte desse exército orante!!!!!

  • Neyde Oliveira

    Participo da Comunidade de Oração já a bastante tempo,sinto-me uma pessoa feliz por fazer parte deste exército orante. Tenho até, a medalha das mãos orantes.

  • Jane Santos Lilian

    AMÊM..

  • Pingback: Você é convidado a rezar | Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt()

  • Erica Peroni

    Também sou Membro da COMES e amo participar deste ramo do Movimento de Schoenstatt.Como membro da Comunidade de oração aprendi a silenciar e dedicar tempo para escutar a voz de Deus.Hoje sou muito melhor como pessoa e graças a Deus ele nos da a graça de podermos fazer parte desta comunidade para que possamos nos tornarmos pessoas melhores.Aprendi também a sempre estar diante de Jesus Eucarístico intercedendo pelos necessitados e pelas necessidades do mundo.