Colégio Mãe de Deus rumo aos 80 anos

5 de março de 2015

A primeira escola schoenstattiana do mundo.

DSC08940Karen Bueno – São mais de 80 mil alunos formados pelo colégio Mãe de Deus (CMD) ao longo dos anos. Nesta terça-feira, 3 de março, a comunidade escolar se reúne para abrir as comemorações do jubileu de 80 anos da escola, que é uma das primeira do município de Londrina/PR. A trajetória de conquistas do primeiro colégio schoenstattiano do mundo é relembrada com carinho por professores, ex-alunos, autoridades civis, políticas, religiosas e muitos amigos.

“O colégio é uma instituição católica, baseada em sólidos princípios cristãos de cidadania e religiosidade, apta a cumprir o propósito de Deus Pai. No caminho desses 80 anos, somos gratos pelas bênçãos que nos são concedidas e pelas grandiosas oportunidades que recebemos”, diz a diretora, Ir. Rosa Maria Ruthes.

Promovendo a cultura da Aliança

O colégio tem grande importância na história da cidade e da região, já que é uma das primeiras escolas fundadas no recém-criado município. Muitos londrinenses passaram pelo CMD, que com o tempo foi inserindo outros cursos, além do fundamental: “O colégio foi pioneiro no curso de Magistério, pelo qual contribuiu muito com o município e com o estado do Paraná, impactando grandemente na formação de professores, oferecendo uma melhor qualidade no ensino”, diz Ir. Rosa Maria.

Ali também foi inaugurada a primeira Faculdade de Música da cidade, o que traz bastante orgulho para os ex-alunos, mesmo que a faculdade já não exista. “Quase todos os profissionais da área de Música em Londrina, muitos deles fora do país hoje, foram formados na Faculdade de Música Mãe de Deus”, aponta a diretora.

Cinco estrelas condutoras

O colégio schoenstattiano utiliza a Pedagogia Kentenichiana, desenvolvida pelo Fundador de Schoenstatt. A proposta do Pe. José Kentenich tem como base as cinco ‘estrelas condutoras’, as Pedagogias da Vinculação, da Confiança, da Aliança, do Movimento e do Ideal. Trata-se de educar a partir da originalidade de cada aluno, confiar no bem que há dentro dele e motivá-lo para que essa força positiva desenvolva todo seu potencial, a serviço de uma grande meta, para o bem da pessoa e da sociedade.

Pe. Kentenich propõe a formação integral do homem, em todos os seus âmbitos: “Nossa proposta tem como destaque e foco não somente o ensino, mas também a formação de valores humanos cristãos, e isso está presente desde nossa fundação”, destaca Ir. Rosa Maria.

Uma escola que deixa saudade

“A experiência que tive sendo aluna do colégio Mãe de Deus durante tanto tempo, com certeza é de grande influência, hoje, em minha vida”, diz Joana Louzada Lima.

Segundo ela, as amizades que fez no tempo de colégio são essenciais e permanecem mesmo depois de 13 anos. “Além de formação básica, o que mais me encantava no CMD era, e ainda é, o espírito de família que percebemos. Talvez quando eu ainda estava lá não percebesse tão fortemente como isso é verdadeiro, mas cada vez mais sinto essa diferença. Concluí o ensino médio em 2002 e até hoje as amizades mais próximas que possuo são as mesmas dos tempos do colégio”.

Nos anos que Joana estudou no Mãe de Deus, a escola só formava moças – atualmente os alunos são mistos. Algo que marca suas companheiras de sala é o ideal de turma que conquistaram: Princesas de Cristo, rumo ao tempo novíssimo. “Até hoje nos tratamos como princesas. Carregamos juntas esse ideal, que toca a cada uma de maneira diferente, mas que de certa forma tem um grande peso em nossas vidas”.

O ideal de turma – cada turma de alunos escolhe o seu – faz parte da Pedagogia do Ideal proposta pelo Pe. Kentenich, quer dar um novo sentido e um impulso para a vida estudantil e pessoal dos alunos.

Com o olhar no futuro

A escola octogenária carrega muita história, mas também, com empreendedorismo juvenil, lança um olhar para o futuro. Tradicionalmente tem grande influencia cultural na cidade e, em breve, como presente para os 80 anos, irá inaugurar o Teatro Mãe de Deus, ou o Centro Cultural José Kentenich.

Desde os primeiros anos, o Mãe de Deus é um colégio bilíngue, tendo o idioma alemão em suas grades curriculares. Atualmente, tem ainda outras parcerias internacionais. “Atualmente nos posicionamos como instituição internacional, inserindo no currículo três línguas estrangeiras modernas: alemão, espanhol e inglês com certificação e intercâmbios para alunos, professores e gestores”, diz a diretora.

Uma escola da comunidade

Em Londrina, o colégio Mãe de Deus é praticamente um memorial histórico. O quarteirão entre as avenidas São Paulo e Rio de Janeiro e entre as ruas Pará e Goiás, no Centro da cidade, oferece à população um tesouro conhecido por muitos: o Santuário da Mãe e Rainha. Ali, é como se o colégio fosse uma apresentação de tal preciosidade.

É no Santuário que está o grande diferencial da formação nesta escola, ele é a fonte de toda espiritualidade. Em volta dele estudam os “pequenos herois”, formados à imagem de Maria para criar um mundo novo, com inteligência e fé. “Nosso colégio já formou mais de 80 mil alunos, atualmente espalhados pelo Brasil e por outros países. Como calcular o impacto dessas pessoas em seu redor? Nossa contribuição a todos que participam de nossa história é a certeza de que não iremos retroceder, nem parar de buscar novos desafios, isso é o que nos move, uma constante busca, um avançar para águas mais profundas, sempre”, afirma Ir. Rosa Maria Ruthes.

  • Lêda M;B;Souza

    Simplesmente fantástico nosso Colégio Mãe de Deus, fui professora lá durante três anos e muito aprendi. Estar literalmente sob o manto de Maria, tendo o Santuário no pátio, também é extraordinário! Parabéns ao Colégio e a todas as Irmãs que tão bem o tem conduzido durante tantas décadas, sob a proteção da Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt e seu Filho. Parabéns a Londrina por ter acolhido esse maravilhoso projeto de educação e formação de alunos, pais e mestres. Um local realmente especial na vida de quem por lá teve o privilégio de passar (ou ficar para sempre!)