Abre-se a Porta Santa em Garanhuns/PE

24 de dezembro de 2015

Santuário Tabor da Santidade e “da misericórdia” de todos os dias.

porta santa garanhunsIr. M. Eliane Cunha – Com alegria a Família de Schoenstatt vivencia no dia 20 de dezembro de 2015, no Santuário Tabor da Santidade de todos os dias, em Garanhuns/PE, a abertura da Porta Santa da Misericórdia. Às 15 horas inicia a Santa Missa, presidida pelo Sr. Bispo, Dom Paulo Jackson Nóbrega de Souza e concelebrada por Mons. Benevenuto Sátiro de Araújo, capelão do Santuário, e por Dom Mauro Roberto dos Santos, monge beneditino.

Devido ao sol forte, o rito de abertura da Porta acontece no final da Celebração Eucarística. Na homilia, Dom Paulo ajuda a refletir com clareza e propriedade as leituras e o Evangelho, bem como o significado do Ano Santo da Misericórdia. Entre outros, diz: “O Santuário da Mãe e Rainha, o Tabor da Santidade de todos os dias, neste ano, de um modo especial, deverá ser o Santuário da Misericórdia”.

Depois da oração pós-comunhão inicia o rito com a exortação do Bispo: “… Em comunhão com a Igreja Universal, esta celebração inaugura solenemente o Ano Santo para a nossa Igreja Diocesana, prelúdio de uma profunda experiência de graça e reconciliação. Depois de termos aberto a primeira Porta Santa de nossa Diocese na Catedral de Santo Antônio, preparemo-nos para abrir a segunda Porta da Misericórdia neste Santuário Tabor da Santidade de todos os dias”. Logo em seguida faz uma oração e convida os fiéis a sentarem para ouvir um trecho da Bula de promulgação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia. Mons. Benevenuto então diz: “Irmãos e irmãs, caminhemos para o Santuário em nome de Cristo: Ele é o Caminho que nos conduz neste ano de graça e de misericórdia”.

Enquanto a procissão segue ao Santuário, todos cantam o Hino da Jornada Mundial da Juventude de Cracóvia – 2016, com o refrão: “Bem aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia”. Chegando à porta do Santuário, o Sr. Bispo canta as duas antífonas prescritas, bate com o báculo, abre a porta, entra, ajoelha-se por alguns instantes junto à porta do Santuário e, em seguida, leva ao altar o Evangeliário. Neste momento é cantado o Hino do Ano da Misericórdia.

Dom Paulo então fala: “O nosso pensamento dirige-se agora à Mãe da Misericórdia. A doçura do seu olhar nos acompanhe durante todo este Ano Santo, para todos podermos descobrir a alegria do amor de Deus”. Então é cantado: “Salve Rainha, Mãe de Deus, és Senhora, nossa Mãe…. Ao finalizar todo o povo recebe a bênção solene do tempo do Advento e é convidado a passar pela Porta Santa.

Mais fotos

Fonte: tabormta.org