A Peregrina Original realizou maravilhas no norte do Brasil

4 de março de 2015

Uma visita inesquecível.

Pelas águas do AmazonasHá quatro anos a Mãe Peregrina Original partiu ao encontro dos filhos pelos estados do Brasil. Foram momentos especiais de encontro diante da imagem, que deixam saudades e boas recordações. Várias pessoas talvez nunca pudessem ver de perto a Mãe Peregrina de João Luiz Pozzobon, por isso a peregrinação foi tão marcante e repleta de graças.

A Mãe caminhou por igrejas, hospitais, presídios, entre as forças armadas, enfim, alcançou inúmeros filhos que esperavam por essa visita. Agora que celebramos 65 anos da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt, vamos relembrar um pouco dessa peregrinação, que deixa saudades e a certeza de que ela sempre está ao lado de todos, aonde quer que estejam.

Vamos começar lá de cima

É possível que os schoenstattianos da região norte do Brasil jamais sonhassem em receber essa visita especial, por isso foi tão marcante para eles acolher a Rainha de Schoenstatt. As expressões de carinho com a Mãe Três Vezes Admirável eram tantas, que é difícil esquecer.

Os estados de Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima tiveram o privilégio de acolher a visitante ilustre, que por onde passava arrastava multidões.

De barco pelo estado de Amazonas

As Irmãs que acompanhavam a Peregrina Original, Ir. M. Márcia Silva e Ir. M. Magna Donati, contam da recepção em Manaus/AM:

“Ao chegarmos ao portão de desembarque, era uma grande festa: Ela é recepcionada por um grupo de coordenadores, missionários e famílias, que recebem a Mãe Peregrina, juntamente com equipe jornalística da TV Amazonas, afiliada da Rede Globo. A TV fez a cobertura desde a chegada ao aeroporto até a chegada à paróquia Divino Espírito Santo. Todos se aproximavam da imagem, cantavam o Hino da Mãe Peregrina e rezavam a oração de recepção. Era muita alegria, muita emoção e oração. Isso chamou a atenção dos funcionários e pessoas que circulavam pelo aeroporto. Pela movimentação, muitos queriam saber quem era a pessoa famosa e importante que estava chegando. Eles se surpreendiam e se comoviam quando descobriam que esta personalidade importante era Nossa Senhora, a Mãe e Rainha de Schoenstatt. Ao sairmos para a rua, mais uma surpresa: aproximadamente 100 carros estavam aguardando a Peregrina Original, com eles dois carros de som, o carro com os equipamentos da TV e uma bela caminhonete, toda enfeitada, para partirmos em carreata. A Imagem Original foi colocada nesse trono móvel e a Mãe desfilou pela grande cidade. Foi muito emocionante”. (Veja as fotos)

Como boa missionária, a Mãe ainda partiu de barco para encontrar seus filhos na cidade de Autazes/AM. Foram 3h30min de lancha até o município ribeirinho. As Irmãs recordam:

“Ao nos aproximarmos de Autazes, o padre que nos acompanhava começou a soltar fogos para anunciar à comunidade que estávamos próximos. Então, a Peregrina Original foi levada para frente da lancha e o Padre, já paramentado, permaneceu ao seu lado. No porto, um grande número de pessoas, com dois sacerdotes, aguardava a chegada dessa visita especial. A Mãe foi colocada na caminhonete, que estava solenemente enfeitada, e seguiu em carreata, acompanhada por um comboio de motocicletas, passando por seis comunidades. Ficamos admiradas pela quantidade de pessoas que, debaixo do sol quente, num calor úmido muito intenso, acompanhou o comboio de motos. Em cada capela, a Peregrina Original era recebida com uma chuva de pétalas de flores”. (Veja as fotos)


Em Rondônia ela desce do céu

No estado de Rondônia, ao desembarcar no aeroporto de Vilhena/RO, muitas pessoas aguardam a imagem com bandeirinhas, inclusive o prefeito, um vereador e um ex-governador. Na porta do aeroporto, um caminhão do Corpo de Bombeiros espera para levar a Mãe diante de toda cidade.

A imagem permaneceu na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora até à tarde, depois foi levada de helicóptero para um parque de exposições, onde uma multidão de 5.000 pessoas a aguardava. Depois do pouso e da acolhida solene, iniciou-se ali a Santa Missa sertaneja, com a participação de seis sacerdotes. Ao final, um dos padres subiu com a imagem sobre um trator e contornou a arena, sob o canto e o olhar atento dos filhos. (Veja as fotos)

Muita oração em Roraima

Os missionários e coordenadores de Boa Vista/RR acordaram de madrugada para receber a Peregrina Original. “Mesmo sendo de madrugada, a Mãe Peregrina é acolhida com muito amor, por um grupo de famílias que, com alegria entoava o hino da Campanha. Eles estavam bem caracterizados: com estandarte da MTA, camisetas e bandeirinhas”, dizem as Irmãs.

Durante o tempo que permaneceu na comunidade, foram celebradas seis Missas com grande participação dos moradores. Várias vigílias junto à Mãe aconteceram durante o tempo que ela permaneceu em Boa Vista, até o vice-governador do estado chegou com uma comitiva para visitar a Mãe. (Veja as fotos)

No Acre: um coração grato

Na ponta oeste do Brasil, no estado do Acre, a Peregrina Original também chegou de madrugada, à uma da manhã, em Rio Branco/AC. Grande foi a festa para acolhê-la. Nesse estado, a Mãe visitou o 7º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército, onde há uma ermida da MTA. Ali ela recebeu os filhos missionários, que participaram de um dia de formação.

“No final do dia, a Peregrina Original foi levada pelos soldados do 7º BEC numa caminhonete em carreata até a catedral, e foi conduzida pelos batedores da policia militar. Chegando à catedral, os soldados deixaram a Mãe na porta de entrada, para que ela recebesse a todos os seus filhos que vinham para participar da Santa Missa. Na procissão de entrada o Bispo, Dom Joaquim Pertíñez Fernández, que presidiu a Santa Missa, parou diante da Mãe e fez alguns minutos de oração silenciosa. Essa atitude do bispo criou uma atmosfera de silencio e tranquilidade para todos os missionários e equipe litúrgica”.

Na homilia da Missa, Dom Joaquim diz: “Queremos ter um coração grato, pela visita da imagem Original da Mãe Peregrina em nossa cidade e diocese. Queremos ter os ouvidos atentos para o que ela nos quer ensinar, ela nos incentiva a viver a vida Cristã”.

Os frutos permanecem

A peregrinação da Mãe Original pela região norte foi um grande presente que trouxe diversos frutos. Várias famílias, segundo as assessoras da Campanha, se interessaram em receber a visita mensal da Peregrina. Os coordenadores e missionários ganharam novo impulso para seguir com a missão e muitos outros filhos puderam olhar para Maria e encontrar seu olhar maternal. São lembranças que ficam guardadas no coração das famílias da região amazônica.