A Mãe está entre seus filhos na Cracolândia

14 de julho de 2016

Ela é a grande missionária, ela faz milagres!

cracolandiaKaren Bueno – Com seu olhar de ternura e misericórdia, a imagem da Mãe Peregrina de Schoenstatt visita, a partir de agora, seus filhos na dura realidade da “Cracolândia”, em São Paulo/SP. Uma imagem foi enviada para acompanhar os trabalhos apostólicos da Fraternidade Missionária O Caminho, que atende especialmente os irmãos mais pobres e abandonados.

O pedido da imagem partiu do Frei Tarcísio da Santíssima Virgem Maria, explicando o trabalho de sua comunidade. Ele conta: “É uma imagem que me chama a atenção pela serenidade de Nossa Senhora junto com o Menino Jesus. Enviamos um e-mail falando do nosso desejo de levar a imagem da Mãe Peregrina para que ela seja um sinal da misericórdia de Deus. Como Nossa Senhora abraça o Menino Jesus, para que ela possa acolher cada um desses nossos irmãos”.

No dia 25 de maio a imagem é então enviada, a partir do Santuário, e desde aí ela não para: “Conosco a imagem segue um roteiro diferente do que é comum. Todas as vezes que nós vamos para a rua, nós a levamos, e não só na Cracolândia, pois a gente também tem missão na Sé, temos um grupo de oração na região de periferia da Zona Leste, enfim, para onde temos ido em missão, a temos levado”.

Frei Tarcísio conta das experiências: “Sempre tem aqueles que são indiferentes, outros que não querem vê-la, mas tem os que abraçam, que beijam a imagem – como podemos ver nas fotos –, que demonstram àquela capelinha todo o amor que têm por Nossa Senhora”.

A “Cracolândia”

maeA Cracolândia é uma denominação popular para uma região da cidade de São Paulo onde se desenvolve intenso tráfico de drogas e prostituição. Ela já se localizou em locais diferentes da capital e muda de um lugar para o outro, dependendo, por exemplo, da ação da polícia na região. Atualmente o maior fluxo de pessoas se concentra na Alameda Dino Bueno, mas os usuários de droga se espalham em todo o entorno, alguns nos cortiços, próximos a um determinado quarteirão.

O trabalho da Fraternidade O Caminho na região é de ser uma luz, um amparo para essas pessoas. Frei Tarcísio explica: “O nosso esforço é de nos fazermos próximos deles, então vamos lá geralmente para cortar o cabelo, tirar a barba, fazer curativos. Também levamos alimentação, lanche, água, cobertor. Vamos ainda para acolher aqueles que pedem ajuda para sair das drogas, sair da rua e, na medida do possível, vamos acolhendo eles na comunidade”.

Quando a Aliança é renovada nas ruas

Em 18 de junho, pela primeira vez os missionários da Fraternidade O Caminho renovaram a Aliança de Amor com a Mãe e Rainha de Schoenstatt na Cracolândia, com a Santa Missa celebrada na rua. “O dia 18 de junho foi um dia de evangelização nas ruas, com o chamado ‘Arrastão de Jesus’, que é um grande movimento que junta várias pessoas e vão para a Cracolândia com bastante louvor”, conta o Frei.

A intenção da comunidade é realizar uma romaria dos moradores de rua até o Santuário, indo ao encontro da Mãe que agora sempre os visita. “A situação de rua, a situação de drogas não tirou deles o zelo pelo sagrado. Eles estão onde estão, infelizmente vivendo algumas situações delicadas, mas eles entendem a mensagem do sagrado, de Deus, e têm muita sede”.

Frei Tracísio cita um exemplo: “Eles [os moradores de rua] sempre pedem muito por medalhas de Nossa Senhora, por Terços. A gente sabe que muitas vezes é mais para usar como um amuleto no pescoço ou algo do tipo, mas, na verdade, pedimos muito a Deus que possa se utilizar desses sinais religiosos como uma forma de poder tocá-los no coração. Tem muitos irmãos que têm muito carinho por Nossa Senhora”.

Por essa imagem, a Mãe mostra que está onde seu seus filhos mais precisam, que vai ao encontro deles, ansiosa por buscá-los, onde quer que estejam.