A Mãe e Rainha está junto de Dom Eduardo Vieira

16 de abril de 2016

O quadro da MTA é entronizado na residência do Bispo.

dom eduardoIr. M. Franciane Castelani/Karen Bueno – A Mãe e Rainha recebe um trono de graças na casa de Dom Eduardo Vieira dos Santos, Bispo Auxiliar, na Região Sé, da Arquidiocese de São Paulo/SP. Com uma singela celebração, o quadro da MTA é entronizado na capela particular da residência episcopal.

O quadro foi conquistado pela Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt desta Região da Arquidiocese, respondendo ao desejo do Bispo. Para a cerimônia, Dom Eduardo reuniu os vizinhos do prédio – que ocasionalmente participam da Santa Missa na capela – os missionários da Campanha da Mãe Peregrina e as Irmãs de Maria de Schoenstatt de São Paulo.

Às 17 horas, no dia 9 de março, iniciam o encontro com a oração do Terço junto a imagem. No contexto do primeiro ano de ministério episcopal e às vésperas do aniversário natalício de Dom Eduardo, os representantes da Família de Schoenstatt imploram para que a Mãe habite o seu lar e o torne em um novo Cenáculo: “Desce Maria e transforma esta casa num Santuário de graças. Que tua presença neste lugar seja uma fonte de irradiação para todas as pessoas que chegam ao Dom Eduardo, em busca de orientação e solução de seus problemas, que façam a experiência de tua proximidade materna e, como no Tabor, possam exclamar: ‘aqui é bom estar’, porque aqui encontram a ti, Mãe e, em teus braços, encontram Cristo, caminho, verdade e vida”.

Em seguida, o Bispo preside a Santa Missa na capela e na homilia fala da alegria de receber a MTA em sua casa. Ele relembra que também recebe mensalmente a visita da Mãe Peregrina, pois integra a lista de famílias do seu bairro. Dom Eduardo diz que Maria é aquela que acolhe, que visita, que vai ao encontro dos filhos e está sempre presente. Ele manifesta seu carinho pela Campanha da Mãe Peregrina e o trabalho que os missionários realizam.

Depois da Missa, segue uma singela confraternização, para celebrar esse momento especial. A partir de agora a MTA, Rainha da Igreja e da Misericórdia, acompanha Dom Eduardo de forma ainda mais visível, como uma presença concreta de Mãe junto ao filho.